O filho fez uma travessura séria, e a mãe tirou o videogame por um ano. Menos de um mês depois, ficou com dó, disse para a criança nunca mais fazer isso e suspendeu a punição. Foi mais ou menos isso que a Fifa fez com o Barcelona. A entidade decidiu aliviar a pena que aplicou ao clube espanhol – a proibição de fazer contratações por uma temporada por causa de irregularidades nas suas categorias de base – até que a apelação do caso seja julgada pelo seu comitê.

>>>> O que a proibição de contratar muda para o Barcelona

A decisão foi tomada pelo presidente do comitê de apelação Larry Mussenden que disse ter levado em consideração “as sanções impostas ao clube, a complexidade do problema, a data de início da próxima janela de transferências e o fato de que o comitê aparentemente não vai conseguir tomar uma decisão em tempo suficiente para que o clube consiga apelar à Corte Arbitral do Esporte antes do começo do próximo período de registro de jogadores (1º de julho)”.

Ou seja, como todo o processo legal da punição não vai terminar até primeiro de julho, na prática, não vai haver punição nenhuma. “O presidente do comitê da Fifa assegura que os processos adequados de apelação serão seguidos e, ao mesmo tempo, todos os direitos do clube serão respeitados”, disse o comunicado da Fifa.

>>>> ACOBOU a paz no Barcelona? “Messi, você corre menos que o Pinto!”
>>>> Barcelona precisa se acostumar aos jogos sofríveis

Portanto, até segunda ordem, o Barcelona pode contratar normalmente. De acordo com esse efeito suspensivo, o clube pode registrar o croata Alan Halilovic e o goleiro Marc-André Stegen, praticamente contratados, e acelerar outros negócios que estavam em vista (um, dois ou até três zagueiros são de necessidade vital para o Barça).

No máximo, o Barcelona não vai poder contratar ninguém em janeiro, mas nunca é mesmo um período movimentado pelos lados da Catalunha. Além de que, na dúvida, vai contratar todo mundo agora em julho e garante um elenco recheado para os próximos meses. A Fifa esboçou um ano sem videogame, mas acabou dando apenas um beliscão no braço, mesmo.