Era o 18° minuto do jogo da Ligat ha’Al, primeira divisão do futebol de Israel, quando uma galinha foi solta em campo pelos torcedores do time visitante, o Bnei Yehuda, que enfrentava o Hapoel Tel Aviv. O fato, sozinho, é engraçado, mas fica mais ainda quando vemos os seguranças do estádio tentando agarrar o animal e falhando todas as vezes.

Um deles chega a escorregar diante da destreza do animal para executar fintas e dribles. No fim, a galinha cansa de fazer os seres humanos de bobos e sai pelo portão, deixando, nas arquibancadas, a certeza de que ninguém em Israel é tão bom em iludir o adversário quanto ela.