Depois de eliminar RB Leipzig e Borussia Dortmund na Copa da Alemanha, o Bayern de Munique merecia uma colher de chá na competição. Teve um pouco mais de tranquilidade nas quartas de final, enfrentando o Paderborn, líder da terceirona. E por mais que os nanicos tenham dificultado a vida dos bávaros nos primeiros minutos, tentando encarar de igual para igual aos gigantes, isso não durou muito tempo. O time de Jupp Heynckes enfiou 6 a 0 sobre os anfitriões e agora aguardam seu adversário nas semifinais do torneio nacional. Ninguém que pareça desafiar tanto os todo-poderosos.

Foi aquele típico “três vira e seis acaba”. Durante o primeiro tempo, Kingsley Coman mostrou serviço aproveitando sobra de bola na área para abrir o placar e deu um cruzamento perfeito para Robert Lewandowski marcar o segundo, com o polonês matando no peito antes de fuzilar. Já o terceiro ficou a encargo de Joshua Kimmich, livre dentro da área, tal qual um atacante. No segundo tempo, Corentin Tolisso deixou o seu após cabecear cobrança de escanteio. Ao final, show de Arjen Robben. Acertou um chutaço da entrada da área e fechou a conta após presente de Franck Ribéry. Tranquilidade a quem venceu 20 dos 21 jogos disputados desde o retorno de Heynckes à casamata.