Radamel Falcao García trabalha intensamente para se recuperar a tempo de disputar a Copa de 2014. Depois da grave lesão que sofreu no joelho esquerdo, o craque da Colômbia renova suas esperanças com sessões intensas de fisioterapia e musculação. Uma dura rotina interrompida por um breve momento nesta semana, para atender um grupo de crianças que foram à Espanha assistir a um jogo do Real Madrid e também visitá-lo. E o encontro só deve ter fortalecido a confiança de Falcao para orgulhar seu país.

>>> Mais do que um craque, a Copa perderá um baita caráter se Falcao não voltar a tempo

O mais emocionado com a ocasião foi Michael Steven, de 13 anos. O garoto parecia ter visto um santo quando se deparou com Falcao. Chorava, apertava a mão do atacante e contava que montou até mesmo um grande museu para seu ídolo. Quando segurou o joelho machucado e começou a rogar a Deus para que o curasse, nem Falcao conseguiu segurar as lágrimas. Se o artilheiro disputar mesmo o Mundial do Brasil, já sabe para quem dedicar um de seus gols ou pelo menos guardar uma das camisas que usar.

Veja também:

>>> Se quiserem beatificar Cristiano Ronaldo, este garoto que estava em coma é o primeiro milagre

>>> Pelé? Maradona? Valderrama? Não, a inspiração de Falcao para ir à Copa é Rocky Balboa

>>> [Naturaliza, Ibra!] Colombia, te quiero: Trivela esta contigo