O duelo entre Paris Saint-Germain e Lyon, dois dos melhores times da França, foi mais travado do que o esperado, mas três lindos gols construíram a vitória por 2 a 1 do time da casa e a segunda derrota dos milionários da capital francesa. Kurzawa empatou, depois de Fekir abrir o placar, e Depay arrancou os três pontos com um golaço de fora da área no último minuto da partida.

LEIA MAIS: O milagre contra Rivaldo que valeu a Coupet um lugar na história da Champions

Foi uma partida de poucas chances de gol. O Paris Saint-Germain sofreu com o desfalque de Neymar, machucado, e perdeu Mbappé, ainda na etapa inicial. O ataque foi formado por Di María, Draxler e Cavani. Ainda é uma linha ofensiva de muito respeito, mas não conseguiu produzir mais do que três chutes certos a gol durante os 90 minutos.

O primeiro golaço foi marcado por Fekir, logo no segundo minuto do primeiro tempo. O meia francês cobrou uma falta longa com muita categoria. Areola estava adiantado, na entrada da pequena área, antecipando um cruzamento, e não conseguiu chegar a tempo. Apenas assistiu à bola tocar cruelmente a trave antes de balançar as redes.

 

Nos acréscimos da primeira etapa, Kurzawa empatou com um lindo chute de primeira. Rabiot abriu a jogada para Daniel Alves na direita. O lateral direito cruzou com perfeição para o seu correspondente na esquerda. Kurzawa estava livre e teve todo o tempo do mundo para preparar o arremate. Encheu o pé com gosto. Anthony Lopes só viu a sombra da bola.

 

Pouco depois do intervalo, Daniel Alves prejudicou o Paris Saint-Germain de uma maneira bem pouco inteligente. Levou um merecido cartão amarelo por falta em Ndombele e se levantou irritado para encarar o árbitro. Clément Turpin já estava com a tarjeta amarela na mão para mostrá-la a Daniel Alves, mas, diante da postura do jogador, mudou de ideia e mostrou o vermelho.

A expulsão mudou a dinâmica da partida. Colocou o Lyon no controle, mas estava difícil furar a defesa do Paris Saint-Germain. Um chute de Mariano Díaz, que ganhou de Thiago Silva na corrida e entrou na área, foi bem defendido pro Areola. O empate parecia inevitável, mas Fekir tocou para Depay, que buscou o ângulo até se sentir seguro para soltar um foguete de fora da área e, a exatos 31 segundos do fim, a bola cruzou a linha da meta defendida por Areola e morreu no fundo das redes.

 

Grande vitória do Lyon, segundo colocado do Campeonato Francês, agora a oito pontos do líder Paris Saint-Germain.