Depois de um excelente início na Premier League, o Watford vinha perdendo fôlego nas últimas rodadas. Tinha sofrido três derrotas consecutivas, a primeira delas para o Chelsea. O jogo isolado deste domingo, entretanto, serviu para os Hornets se reerguerem. Bateram o ameaçado West Ham, em Vicarage Road, e com participação decisiva dos brasileiros do elenco: Gomes e Richarlison. Enquanto o veterano goleiro segurou as pontas atrás, colecionando defesas milagrosas, o jovem atacante resolveu na frente, fechando o placar em 2 a 0. Péssima estreia de David Moyes, contratado para tentar resgatar os Hammers após a demissão de Slaven Bilic.

O Watford precisou de apenas 11 minutos para abrir o placar. A jogada começou em uma arrancada de Richarlison até a linha de fundo, chamando Pablo Zabaleta para dançar. Após cruzamento na área, os anfitriões brigaram pela bola, Andre Gray furou o chute e Will Hughes apareceu livre para arrematar. Entretanto, os Hornets só seguraram a vantagem na etapa inicial graças a Gomes. O goleiro assumiu o papel de herói pouco antes do intervalo. A primeira grande intervenção aconteceu aos 42, em chute rasteiro de Cheikhou Kouyaté, que o brasileiro voou para buscar. Mas ainda teria mais. Nos acréscimos, o veterano negou o tento a Marko Arnautovic com duas defesaças inacreditáveis. Pegou uma cabeçada desviada em seu contrapé, antes de se recuperar e espalmar também o rebote.

Já no segundo tempo, coube a Richarlison terminar de decidir. Ao lado de Will Hughes, o camisa 11 chamava a responsabilidade no ataque. E anotou o segundo gol aos 19, em contragolpe. Hughes lançou o brasileiro, que partiu para cima da marcação frouxa. Invadiu a área e chutou cruzado, sem que Joe Hart conseguisse defender. São cinco tentos do garoto na Premier League em 12 partidas.

Gomes pode ser colocado entre os grandes ídolos da torcida do Watford. O que construiu desde que chegou ao clube, ainda na segunda divisão, é bastante significativo. E suas grandes atuações na Premier League ajudam a manter a honra em Vicarage Road. Já Richarlison desponta como o novo xodó dos torcedores. Seu impacto inicial na Inglaterra surpreende, cotado entre os melhores do campeonato em sua posição. Dois protagonistas que dão contribuições fundamentais para que o time de Marco Silva ocupe a oitava colocação. Já o West Ham, com apenas nove pontos, é o antepenúltimo colocado. Moyes sabe que terá muito trabalho se quiser uma campanha segura, que se distancie dos riscos de rebaixamento. O começo não é bom.