Luís Garcia marcou três gols e foi o nome do jogo na vitória por 5 a 1 da Espanha sobre a Eslováquia, pela repescagem européia, no estádio Vicente Calderón, em Madrid.

O resultado praticamente garantiu a seleção espanhola na Copa do Mundo. Isso só não acontecerá se o time for goleado por 4 a 0 – ou por cinco gols de diferença se chegar a marcar – na próxima quarta-feira.

Garcia abriu o placar logo a 10 minutos de jogo, de cabeça, sem marcação. Oito minutos depois, Xavi lançou o meia do Liverpool, que tocou na saída do goleiro Contofalsky.

Logo depois do intervalo, aos 4 minutos, Luís Garcia bobeou e entregou uma bola de graça, dentro da área, para Nemeth, que não desperdiçou e diminuiu a vantagem espanhola.

Aos 20 minutos, o atacante Fernando Torres recolocou a Espanha nos trilhos depois de um pênalti bobo cometido por Had, que colocou a mão na bola dentro da área e levou o cartão vermelho por isso.

Com um homem a mais em campo, tudo ficou mais fácil para os espanhóis. Aos 29, Vicente cruzou e Luís Garcia chutou rente à trave, para marcar seu terceiro na noite.

Dois minutos depois, Garcia foi ovacionado quando Fernando Morientes entrou em seu lugar.

O companheiro de Liverpool herdou a boa sorte do colega e, aos 34 minutos, aproveitou belo cruzamento de Vicente pela esquerda e cabeceou de dentro da área para definir a goleada espanhola.