A Copa do Mundo ainda nem aconteceu e os europeus já estão pensando em sua próxima grande competição de seleções, a Eurocopa de 2016. Afinal, as quatro primeiras rodadas das Eliminatórias acontecerão já no segundo semestre deste ano. E a Uefa realizou o sorteio das chaves neste domingo. A previsão que já dá para fazer? É que a Grécia mais uma vez estará lá, outra vez se dando bem com os adversários de seu grupo.

Primeiramente, porque não vai ser tão difícil assim se classificar para a Euro 2016: esta será a primeira edição do torneio com 24 seleções. Todos os líderes e vice-líderes dos grupos passarão, assim como o melhor terceiro colocado. Os outros terceiros ainda terão a repescagem, se pegando em quatro mata-matas nos quais os vencedores ficam com a vaga. E a única classificada é a França, anfitriã, que estará nas Eliminatórias só para manter o ritmo.

O sorteio da Euro leva em conta o coeficiente da Uefa, não da Fifa. Por isso, entre os cabeças de chave estavam Grécia, Rússia e Bósnia, ao lado de Espanha, Alemanha, Holanda, Itália, Inglaterra e Portugal. Bélgica Suíça e Croácia, também na Copa, foram colocadas apenas no Pote 2. E os gregos podem ser apontados como os ‘vencedores’ do sorteio, pegando um grupo relativamente tranquilo: Hungria, Romênia, Finlândia, Irlanda do Norte e Ilhas Faroe. Adversários de nível médio, o suficiente para alimentar o ciclo de vitórias sofridas e posições privilegiadas no ranking.

A bem da verdade, nenhum cabeça de chave pegou tanta pedreira assim, ainda mais pensando na ampla distribuição de vagas à fase final. A Bósnia terá Bélgica, Gales e Israel, mas continua entre as favoritas; a Holanda pega República Tcheca, Turquia e Islândia; já Portugal encara Sérvia, Dinamarca e a ‘café com leite’ França. E ainda há a estreante seleção de Gibraltar, saco de pancadas da Alemanha. Bem provável que a Euro 2016 conte com alguma surpresa. E nenhum medalhão de fora. Afinal, com tantas vagas, as Eliminatórias são protocolares.

Grupo A: Holanda, Turquia, República Tcheca, Islândia, Letônia e Cazaquistão
Grupo B: Bósnia, Bélgica, Israel, Gales, Chipre e Andorra
Grupo C: Espanha, Ucrânia, Eslováquia, Belarus, Macedônia e Luxemburgo
Grupo D: Alemanha, Polônia, Irlanda, Escócia, Geórgia e Gibraltar
Grupo E: Inglaterra, Suíça, Eslovênia, Estônia, Lituânia e San Marino
Grupo F: Grécia, Hungria, Romênia, Finlândia, Irlanda do Norte e Ilhas Faroe
Grupo G: Rússia, Suécia, Áustria, Montenegro, Moldávia e Liechtenstein
Grupo H: Itália, Croácia, Noruega, Bulgária, Azerbaijão e Malta
Grupo I: Portugal, Sérvia, Dinamarca, Armênia, Albânia e França