O Everton tem sido um time que não assusta muita gente nesta temporada, mas complicou muito o jogo com o Chelsea pela Copa da Liga, nesta quarta. A vitória por 2 a 1 veio de forma sofrida, com dois gols no final (um de cada time). Mesmo fazendo um segundo tempo sofrível e o Everton ter ficado perto de empatar, o Chelsea venceu graças, principalmente, a Willian.

LEIA TAMBÉM: Garotinho encontra £ 5 em estádio e entrega para o herói da vitória do Huddersfield

O brasileiro participou diretamente dos dois gols do Chelsea no jogo. Ele foi titular em uma escalação com alguns reservas, escolhido por Antonio Conte nesta partida. Willian foi um deles, mas o time contou com muitos jogadores que estão acostumados com bem menos minutos que o meia brasileiro. Titulares mesmo apenas Gary Cahill, mas outros nomes constantes no time, além do próprio Willian, foram Michy Batshuayi e Antonio Rüdiger.

O primeiro gol saiu aos 26 minutos do primeiro tempo. Willian bateu o escanteio curto para Musonda, que cruzou na segunda trave para Rudiger cabecear bem, sem chance de defesa. Além desta finalização do zagueiro alemão, o Chelsea ainda acertou um outro chute a gol.

No segundo tempo, a má atuação do Everton acabou virando. O time passou a ser mais perigoso e chegou algumas vezes à meta defendida por Willy Caballero. Kevin Mirallas obrigou Caballero a uma ótima defesa, assim como Dominic Calvert-Lewin e Ademola Lookman, que entraram no segundo tempo.

Willian marcou um golaço já nos acréscimos que praticamente selou a vitória. Em uma nova cobrança de escanteio feita pelo próprio brasileiro, ele tocou para Fàbregas, que devolveu a ele. O camisa 22 chutou no canto e marcou um bonito gol.

Só que no lance seguinte, o Everton ainda arrancou um gol. Outro que entrou no segundo tempo, mas já no final, Oumar Niasse, fez a jogada e Calvert-Lewin marcou dentro da área. Era tarde, porém. O árbitro chegou a dar um minuto a mais de acréscimo, mas o Everton não conseguiu empatar.

O Chelsea avança às oitavas de final da Copa da Liga. O Everton, eliminado, ao menos mostrou um pouco mais de futebol no segundo tempo, ainda que tenha sido insuficiente. O time de Liverpool vive agora a expectativa de quem será o seu comandante. O interino David Unsworth é cotado para ser efetivado.