Mais um brasileiro pode pintar em uma seleção estrangeira que vem à Copa do Mundo. O grande especulado na Itália para ser chamado era Jonathan, da Internazionale, que vem atuando como ala em um esquema 3-5-2. Mas foi outro ex-lateral do Cruzeiro que foi chamado: Rômulo. O jogador está na lista do técnico Cesare Prandelli para um período de treinos. O técnico convocou 42 jogadores para observar e, entre os muitos testes está o brasileiro, que defende o Verona. E como meio-campista, posição que ocupa atualmente no seu time, embora jogue com a camisa 2.

>>>>Destro e Immobile não são só o futuro da seleção italiana, são o presente

Rômulo, de 26 anos, é gaúcho e jogou por diversos times no Brasil. Suas passagens mais importantes foram pelo Cruzeiro, em 2010, no Atlético Paranaense, em 2011, e na Fiorentina, até 2012. Emprestado ao Verona, tem feito boa temporada, com 31 jogos e cinco gols, além de oito assistências. Tem jogado como meio-campista pelo lado direito. Com passaporte italiano, pode ser chamado por Prandelli para o grupo que treinará nos dias 14 e 15 em Coverciano, centro de treinamento da seleção italiana. Além de treinamentos, serão feitas avaliações físicas nos atletas.

Rômulo foi uma novidade, mas não a única. Até porque com tantos nomes, muitos seriam caras novas. Entre elas, o atacante Domenico Berardi, do Sassuolo, que vem chamando a atenção na Serie A. O goleiro Scuffet, da Udinese, de apenas 17 anos, foi chamado, depois de ser especulado como terceiro goleiro italiano na Copa. Ele já defendeu as seleções de base no sub-17 e sub-18. Outro atacante do Sassuolo foi chamado, Simone Zaza, de 22 anos. O camisa 10 fez alguns poucos jogos por seleções de base, mas ainda não tinha sido chamado para o time principal.

>>>> Companheiro de Rômulo no Verona, Luca Toni quer voltar à seleção italiana e ir à Copa

Entre os nomes que retornaram, Stephan El Sharaawy, do Milan, Giuseppe Rossi, da Fiorentina, e Antonio Cassano, do Parma, foram convocados. Os dois primeiros passaram por problemas de lesões. Aliás, Rossi era nome certo na Copa não fosse pelas lesões. Até porque fazia uma ótima temporada na Fiorentina.

Ainda que de maneira torta, a Itália pode ter o seu Diego Costa no Brasil. Mas é difícil imaginar que Rômulo, mesmo jogando bem no Verona, consiga um lugar entre os 23 chamados de Prandelli. No mínimo, Rômulo já entrou no radar de Prandelli e isso já significa muito.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:

Especial | O melhor campeonato nacional da história: o Italiano dos anos 80/90

>>>> Alô, Prandelli! Totti diz que ele se convocaria para a Copa

>>>> Diego Costa estreou bem quando Itália e Espanha resolveram não jogar nada

>>>> No aniversário de Baggio, esqueça aquele pênalti e se lembre como ele é genial