Arquibancadas cheias, média de gols alta, futebol de qualidade. A receita de sucesso vista nos estádios da Bundesliga reflete e também é consequência da excelente situação financeira vivida pelos clubes alemães. Nesta quarta-feira, a liga anunciou volume de negócios recorde na temporada 2011/12: o torneio movimentou € 2,08 bilhões, em crescimento de 7,2% em relação ao ano anterior.

“As bases para este caminho de sucesso são o bom senso financeiro e os investimentos planejados em eficiência esportiva e infraestrutura. A Bundesliga é bem equipada para lidar com os desafios à frente”, declarou o executivo-chefe da Liga de Futebol da Alemanha (DFL), Christian Seifert.

Além disso, a DFL anunciou que 14 dos 18 clubes que participam da primeira divisão fecharam o ano com balanço positivo, cumprindo as expectativas de Fair Play Financeiro. Já a segunda divisão registrou crescimento de 7,4%, movimentando € 384,5 milhões.

Dentre as principais ligas nacionais do futebol europeu, apenas a Premier League registra um volume de negócios superior à Bundesliga – em 2010/11, foram € 2,5 bilhões. No mesmo período, La Liga movimentou € 1,72 bilhões, enquanto a Serie A registrou € 1,68 bilhões.