As boas atuações do meia sérvio Nemanja Matic pelo Benfica não passaram despercebidas. Nesta terça-feira, o jogador de 26 anos confirmou em entrevista ao jornal português A Bola que vai jogar pelo Chelsea. O valor da transferência, segundo a imprensa inglesa, é de aproximadamente € 26 milhões – alto até para o inflacionado mercado do futebol europeu -, que o clube inglês vai ter que desembolsar porque não teve paciência.

Em janeiro de 2011, Matic era jogador do Chelsea. Foi envolvido como contrapartida na negociação de € 25,6 milhões que levou o brasileiro David Luiz para a Inglaterra. Na época, a avaliação dos clubes colocou o preço do sérvio em míseros € 3,6 milhões. Era só adicionar essa quantia ao valor geral e Roman Abramovich economizaria mais € 22,4 milhões.

O russo continua muito rico e vem gastando bastante nas últimas temporadas, embora bem menos que nos seus primeiros anos como dono do Chelsea, mas foi um baita negócio ruim, principalmente para alguém que perdeu boa parte da sua fortuna com um divórcio em 2007.

Não sou o contador do russo, então esse problema é dele, mas a saída de Matic, à época com apenas 23 anos, foi um grande erro de avaliação e evidencia a falta de paciência do clube com jogadores jovens. O planejamento a longo prazo nos últimos anos não incluía o café da manhã do dia seguinte, o que mudou um pouco com José Mourinho, que tenta, enfim, rejuvenescer e renovar a equipe. Fica, porém, a sensação que Abramovich não terá deixado nada duradouro se um dia decidir brincar de outra coisa.