A Internazionale vinha dando sinais claros de crescimento neste segundo turno da Serie A. Os nerazzurri vinham de quatro vitórias e dois empates nos últimos seis jogos e até sonhavam com uma recuperação rumo à terceira colocação – e a vaga na Liga dos Campeões. Entretanto, a falta de sorte pesou contra a equipe de Walter Mazzarri. Ou a falta de mira. Só assim para pesar a derrota por 2 a 1 para a Atalanta, em San Siro, que tirou o gás da arrancada da Beneamata na tabela.

Afinal, foram quatro bolas na trave da Inter. E todas no segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1. Freddy Guarín, Rodrigo Palacio e Jonathan carimbaram os postes. E o lance mais incrível foi protagonizado por Mauro Icardi, que tinha feito o gol da equipe na primeira etapa. O atacante recebeu a sobra do chute de Jonathan no travessão dentro da pequena área. Chutou em cima do marcador e ainda viu a redonda resvalar na trave, em um lance que contou com méritos dos adversários, mas também muito demérito dele.

E se o ditado diz que ‘quem não faz, toma’, Giacomo Bonaventura tratou de concretizá-lo. O camisa 10 anotou os dois gols da Atalanta, o segundo deles aos 44 minutos do segundo tempo, e assegurou o triunfo de sua equipe – que também acerto a trave uma vez, com Germán Denis. A quarta vitória seguida dos visitantes leva a Atalanta ao oitavo lugar, tentando se aproximar da zona de classificação da Liga Europa. Já a Inter, duas posições à frente, perdeu a chance de ultrapassar Fiorentina e Parma nesta rodada. Hora de colocar a cabeça no travesseiro e lamentar – além, é claro, de treinar um pouco mais as finalizações.