A federação mexicana rejeitou nesta quinta os pedidos para reduzir as suspensões de Salvador Carmona e Aaron Galindo. Os dois foram punidos por doping e estão fora da Copa.

“Os jogadores devem cumprir integralmente a pena imposta em julho”, afirmou Decio de Maria, secretário-geral da entidade. Carmona e Galindo foram suspensos por um ano no dia 5 de julho.

Os dois jogadores foram flagrados em um exame antidoping realizado durante a Copa das Confederações. Os exames apontaram traços de nandrolona, uma substância esteróide anabolizante.