Felipe Melo não é das pessoas mais queridas pelo Fenerbahçe. O meio-campista é ídolo do Galatasaray pelas boas atuações, claro, mas também pela forma como sempre provocou os rivais. E as confusões envolvendo o brasileiro não são poucas durante os clássicos. A mais recente tinha sido em abril, quando mostrou a língua para Emre Belozoglu, capitão do Fener que havia sido expulso. Desta vez, porém, o “pitbull” não gostou muito de ser provocado.

Galatasaray e Fenerbahçe disputavam a Supercopa da Turquia. Após o empate por 0 a 0 prevalecer com a bola rolando, a decisão foi para os pênaltis. E Felipe Melo perdeu a sua cobrança. Foi a desforra para o goleiro Volkan Demirel ir à desforra e quase montar sobre as costas do adversário. O juiz precisou separá-los para evitar as cenas lamentáveis e, pior para Felipe, o Fenerbahçe foi campeão. Depois, Volkan ainda tirou sarro do apelido do brasileiro, afirmando que “se ninguém vai tirar os vira-latas das ruas, eu mesmo farei”.

Para quem não se lembra do vídeo de “Lindomar, o Sub-Zero brasileiro”, é só relembrar o clássico dos tempos de Orkut, que Volkan quase reproduziu na Turquia.