A história de Lionel Messi é dessas que rendem filme. Bom, ao meno foi o que pensou Alex de la Iglesia, espanhol que entrevistou várias figuras importantes da carreira do camisa 10 da Argentina, além de criar cenas com atores, para montar a história do jogador quatro vezes eleito o melhor do mundo. Encontraram um garoto muito parecido com Messi e a história triste do menino com problemas de crescimento que precisa de um tratamento, ninguém quer pagar, até que o Barcelona decide apostar nele.

LEIA TAMBÉM: Segundo os números, Messi é um jogador impossível

O filme tem depoimentos de companheiros de Messi, como Piqué e Iniesta no Barcelona e Mascherano, do Barcelona e seleção argentina, Alejandro Sabella, o técnico que conseguiu tirar o melhor de Messi com a camisa albiceleste, além de lendas como César Menotti, técnico histórico da Argentina, e Johan Cruyff, lenda viva do futebol e parte da história do Barcelona, clube onde Messi criou a sua história. Jorge Valdano, ex-jogador, é um dos roteiristas do filme.

O filme estreou no dia 2 de julho no Rio de Janeiro, mas só em uma exibição para poucas pessoas. Ainda não há uma data para estreia comercial do filme e em alguns países nem será lançado no cinema, só na televisão ou para venda. O trailer mostra como o filme mistura imagens reais de registros antigos da infância de Messi com imagens encenadas com atores, o que cria algo que parece interessante. E sendo de um grande jogador como Messi, a expectativa aumenta.

Só é curioso que o filme de Messi seja lançada em plena Copa do Mundo e pode perder um capítulo essencial na sua história. Afinal, imagine se Messi consegue ser campeão do mundo? O filme ficará inevitavelmente incompleto pouco depois de ser lançado. O trailer você vê abaixo: