Foram 120 minutos de uma partida que nunca mais será esquecida. A final entre Alemanha e Argentina, no Maracanã, foi um monumento erguido ao futebol. A partida resumiu em duas horas de jogo uma Copa histórica. Houve a organização e o talento alemão, a raça e o talento argentino. Houve momentos engraçados, como o tapinha na bola de Neuer encobrindo um dos atacantes argentinos. Foi também um festival de gols perdidos – se Higuaín tivesse feito aquele, se Müller tivesse acertado, talvez os dois finalistas tivessem honrado a fantástica média de gols do torneio.

COBERTURA POWERADE: Veja os infográficos feitos pelo time Powerade

Bem, como resumir tanta coisa em pouco espaço? Esse é o desafio que Powerade, a bebida escolhida pela FIFA para hidratar os atletas nesta Copa do Mundo, se propôs a superar. Ao longo do torneio, Powerade fez uma série de infográficos resumindo algumas das partidas mais emocionantes da final.

E, para a final, só poderia honrar a tradição que a cobertura Powerade iniciou neste torneio. Para ver o infográfico que resume, em uma única imagem, a final do Mundial, basta clicar aqui – ou então clique na imagem abaixo.

goetze-powerade

Para acompanhar os comentários e análises do time Powerade feitos durante toda a Copa, curta a página de Powerade no Facebook e siga Powerade no Twitter. O time ficou a postos durante as partidas, trazendo informações e análises bem boas. Vale a pena visitar e ver, em retrospectiva, o que teve de mais interessante nesta Copa.

Os números da história

A partida entre Alemanha e Argentina era histórica antes mesmo de começar. Afinal, foi a 10ª decisão entre europeus e sul-americanos na história dos mundiais. Por enquanto, a vantagem é do continente do lado de baixo da linha do Equador. A América do Sul venceu sete e a Europa, os outros três.

Além disso, Alemanha e Argentina é a final que mais se repetiu em Copas – e um dos jogos mais frequentes na história dos Mundiais. Foi a sétima vez que Alemanha e Argentina jogam em uma Copa. Somente Brasil x Suécia já tinham feito sete partidas.

Até o jogo de ontem, cada seleção tinha vencido uma decisão. A Argentina venceu a final em 1986. A Alemanha tinha vencido em 1990. E, agora, o desempate veio, aumentando a freguesia argentina. Quer ver?

  1. Nas sete vezes em que jogaram em Copas, os alemães ganharam 4 vezes contra apenas uma vitória dos argentinos. Também houve 2 empates neste confronto. A Alemanha marcou 12 gols e a Argentina, 5. A única vitória argentina contra a Alemanha em Copas, aliás, foi na final da Copa de 1986.
  2. Até a final de ontem, o último duelo entre Alemanha e Argentina em Copas fora nas quartas de 2010. Os alemães aplicaram 4×0 nos argentinos.
  3. A Alemanha é o carrasco argentino no torneio. Nas duas últimas Copas, os alvicelestes foram eliminados pelos alemães. E, agora, perderam o Mundial, no Brasil.

A Argentina só leva vantagem contra a Alemanha quando as partidas não valem muita coisa. Confira:

  1. O último jogo entre Alemanha e Argentina fora em agosto de 2012. Jogando fora de casa, os argentinos venceram o amistoso por 3 x 1.

  2. No retrospecto geral, Alemanha e Argentina se enfrentaram 21 vezes. Os argentinos ganharam 9, os alemães venceram 7 e houve 5 empates. A Alemanha fez 29 gols e a Argentina, 28.

O fim da fila

A Alemanha foi tetracampeã exatamente 24 anos depois de ter conquistado o tricampeonato – assim como acontecera com o Brasil (tri em 1970 e tetra em 1994) e com a Itália (tri em 1982 e tetra em 2006). O título também tirou um pouco a sensação de “quase” que marca a história alemã em Copas. Nos três últimos torneios, antes da Copa de 2014, eles tinham sido vices em 2002 e terceiro colocados em 2006 e 2010.

E não é só isso – o que já seria bastante coisa. Com quatro vice-campeonatos, a Alemanha é a seleção que mais perdeu finais de Copa. É também a seleção que mais disputou o título- oito vezes. Em 2º lugar, o Brasil aparece com sete finais – e cinco títulos.

A cobertura Powerade

Na cobertura Powerade, os melhores momentos da Copa foram comentados em tempo real por especialistas nas redes sociais de Powerade. Ciência, tecnologia, matemática e história se uniram em uma equipe formada por um historiador de esporte, um fisiologista, um psicólogo esportivo, um ilustrador e um time de monitoramento. Todas essas pessoas estiveram à frente da produção de conteúdo, em tempo real, com o objetivo de encontrar o que #tempower durante a Copa Do Mundo. Durante as partidas do Brasil, os canais sociais de Powerade formaram uma mesa redonda, moderna e conectada, para abastecer seus fãs e seguidores com informações que valem cada minuto na tela do celular, do computador e do tablete.

Powerade detalhou os melhores lances de cada jogo por meio de textos breves e ilustrações explicativas. As informações, disponibilizadas durante os jogos do Brasil, das oitavas, das quartas-de-final, da semifinal e da final vão virar um infográfico. Ao final da Copa, essas ilustrações estarão disponíveis em uma revista online para download. Acompanhe as redes sociais de Powerade para ficar por dentro do lançamento.

Este é o time Powerade:

Marcelo Duarte: Especialista em futebol, ele trará informações sobre jogadores, seleções, lances e curiosidades históricas de Copas passadas, além de analisar estrategicamente o andamento do jogo.

Colunas do Marcelo: Lances Históricos e Por Dentro do Campo

Gustavo Magliocca: Profissional da área de fisiologia, trará informações sobre mecânicas de movimento, tipos de contusões, recuperação e limitações do corpo.

Coluna do Gustavo: Jogo de Corpo

Raphael Zaremba: Psicólogo do esporte, ele fala de todo o aspecto mental do jogo. Desde a preparação para momentos de grande pressão até formas de relaxar e aliviar o estresse antes, durante e depois de uma partida.

Coluna: Jogo Mental

Carlos Werutsky: Nutricionista, ele irá trazer informações sobre alimentação, hidratação e recuperação, dando também dicas de qual é a melhor preparação para uma partida dependendo do clima e do horário.

Colunas: Jogo saudável e Hidratação real time

Time de Análise de Dados
Profissionais de estatística e BI, este time traz dados completos sobre tudo que envolve a partida. A equipe é formada por três pessoas de perfil fortemente analítico, todas elas acostumadas a trabalhar com dados e técnicas estatísticas multivariadas.

Colunas: Jogo de Números e Jogo da Audiência

Gerson Mora: Ilustrador, infografista e especialista em narrativas visuais. Será responsável pela criação dos infográficos que serão entregues a audiência até duas horas após o término das principais partidas.