“Temos grandes jogadores no elenco, mas alguns deles pensam que têm lugar garantido entre os titulares. Com a minha demissão, eu quis chamar a atenção deles, para que entendam que o mais importante é o Real Madrid”. Essa foi a explicação de Florentino Pérez para sua demissão, anunciada nesta segunda-feira. “Acho que eu mimei os jogadores”, completou o ex-presidente madridista.

O ex-presidente admitiu que se encontrava numa situação difícil e que o clube estava sendo prejudicado. “Acho que minha saída era necessária para desbloquear a situação”.

Apesar dos problemas recentes, no entanto, Florentino defendeu sua política de contratações bombásticas: “Eu não me arrependo de trazer os melhores jogadores do mundo para o clube, mas talvez eu não tenha sido capaz de fazê-los entender a importância de sua responsabilidade”.

Com a saída de Pérez, quem assume a presidência do Real Madrid é Fernando Martín, que ocupava a vice-presidência do clube. Martín permanecerá no cargo até o final do mandato original de Florentino, em 2008.