Delph fez um golaço para o Aston Villa vencer o Chelsea (Foto: AP)

Foi esse golaço de Delph que quebrou a sequência invicta do Chelsea na Premier League

Aston Villa e Chelsea disputaram uma partida equilibrada em Birmingham, e o que acabou decidindo a favor dos donos da casa foi a presença de espírito do meia Fabian Delph. Os comandados de José Mourinho, expulso após reclamar muito – novidade – do cartão vermelho que Ramires recebeu no final do jogo, foram derrotados por 1 a 0 e perderam uma invencibilidade de 14 partidas pelo Campeonato Inglês.

O cruzamento de Marc Albrighton veio pela esquerda, a oito minutos do fim, quando o destino dos torcedores do Villa Park ainda era voltar para casa sem ter visto nenhum gol. Delph foi esperto e chutou de letra, enganando Petr Cech. Foi apenas o terceiro gol do meia de 24 anos na Premier League.

A defesa do Chelsea estava se segurando, apesar de Christian Benteke ter tido muito mais chances do que deveria contra o líder do campeonato. O que pesou contra os londrinos foi, mais uma vez, a falta de pontaria. Samuel Eto’o sequer no banco ficou, e sobrou para Fernando Torres a responsabilidade de comandar o ataque. O espanhol até tentou bastante. Deu cinco dos 15 chutes da sua equipe na partida, mas nenhum deles incomodou o goleiro Brad Guzan. O pé dos visitantes estava bem longe da forma. Apenas duas finalizações acertaram o alvo.

A situação ficou ainda pior quando William foi expulso, por falta boba em contra-ataque, aos 24 minutos do segundo tempo. Ramires seguiria os passos do compatriota com uma solada em Karim El Ahamadi, no fim do jogo. Foi expulso com cartão vermelho direto e deve pegar três jogos de gancho. A decisão do árbitro deixou José Mourinho possesso.

O Chelsea ainda não vai perder a liderança, mas as coisas podem ficar diferentes quando os quatro primeiros colocados tiverem o mesmo número de jogos. Arsenal e Liverpool têm 28 partidas e 59 pontos. Podem ficar a um do time azul. Já o Manchester City, que bateu o Hull na manhã deste sábado, tem três duelos e seis pontos a menos. Pode se isolar na ponta. Se alguma coisa tirar o título de Stamford Bridge, será essa falta de capricho nas finalizações.