Franz Beckenbauer aumentou nesta segunda a lista de críticas a Jürgen Klinsmann. Em um workshop da Fifa realizado hoje e amanhã em Düsseldorf, o presidente do comitê organizador da Copa criticou ausência do treinador alemão ao evento. Os outros treinadores das seleções do Mundial estarão presentes.

“Klinsmann deveria estar aqui, não há necessidade de dizer isso e é incrível que ele não esteja aqui. Como país-sede, ele deveria estar presente. Praticamente todos os técnicos estão aqui: o Carlos Alberto Parreira veio do Brasil, o Sven Goran Eriksson veio da Inglaterra… Isto me incomoda, mas cada um se comporta como acha que deve”, disse o Kaiser. Após a partida contra a Itália, na semana passada, Klinsmann retornou para a casa dele, em Los Angeles. Ele será representado no workshop pelo assistente Joachim Low.

Beckenbauer voltou a criticar o treinador por não ficar tanto tempo na Alemanha. “Não sei quantas vezes eu disse a ele para ficar mais tempo aqui antes do Mundial, mas não serviu de nada. Depois da derrota para a Itália por 4 a 1, a presença dele seria necessária para limpar os cacos”, afirmou.