Parecia um mero formalismo à Juventus. Por mais que o Sassuolo jogasse em casa, o time ameaçado pelo rebaixamento não parecia grande ameaça aos bianconeri. Ainda assim, deram um susto. Abriram o placar e jogaram os líderes da Serie A contra a parede – por tabela, também deram um fio de esperança aos torcedores da Roma. Nada que intimidasse os destaques do elenco de Antonio Conte, que chamaram a responsabilidade e buscaram a virada por 3 a 1.

Zaza, o autor do gol do Sassuolo, está emprestado pela Juve. Mas como arranjar espaço para ele no time que tem Carlos Tevez com toda a sua fúria? O argentino arrancou em diagonal e chutou de fora da área para empatar. Ou Pirlo, o maestro do meio-campo? O craque deu um passe sensacional para Claudio Marchisio chutar cruzado e decretar a virada. Ou mesmo Fernando Llorente em ótima fase? O espanhol marcou um golaço de letra para fechar o placar.

Com a vitória, a Juventus abre oito pontos de vantagem sobre a Roma e fica a uma vitória (mais precisamente, dois pontos) de confirmar o tricampeonato italiano. E a festa na próxima rodada pode acontecer em Turim, onde a Velha Senhora recebe a Atalanta. Se tiverem a mesma classe desta segunda, os torcedores podem até substituir a cerveja por um bom vinho, mais condizente com a situação.