O futebol nunca foi tão popular nos Estados Unidos, com 7% dos entrevistados pela Gallup caracterizando-o como o seu esporte favorito. É a maior marca que o futebol já alcançou no coração dos americanos desde que o instituto começou a realizar essa pesquisa, em março de 1937. Abriu distância para o hóquei e já se aproxima do beisebol, terceiro colocado com 9% da preferência – número mais baixo registrado para ele. A consulta foi realizada com 1.049 adultos, dos 50 estados americanos e do Distrito de Columbia. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%.

LEIA MAIS: As 41 cidades de EUA, Canadá e México candidatas a sedes da Copa 2026 já possuem estádios

Apesar de uma tendência de queda desde que atingiu sua maior popularidade (43%), em 2006 e 2007, o futebol americano segue líder absoluto da pesquisa, com 37%. O basquete aparece na segunda posição, com 11%. O hóquei está em quinto lugar (4%), após o beisebol e o futebol, seguido por automobilismo (2%) e tênis (2%). Golfe, vôlei, boxe, ginástica, motocross, patinação no gelo e rodeio registraram 1%. Atletismo, pesca, natação e luta não chegaram a 1%. 5% dos americanos citaram outros esportes, e 15% disseram que não têm um esporte favorito.

A primeira vez que o futebol apareceu na pesquisa da Gallup foi em janeiro de 1981, com 2%. Oscilou entre essa marca e 1% até 1997, quando se estabilizou nos 2% pelos próximos dez anos. Atingiu 3% em 2008 e 4% em 2013, quando assumiu a quarta posição, superando o hóquei, antes de chegar ao número recorde de 7% na última consulta. Mais do que triplicou a sua popularidade na última década e tem potencial de crescer ainda mais.

O futebol é mais forte entre os jovens. A pesquisa mostra que ele tem 11% da preferência entre adultos de 18 a 34 anos e 10% de 35 a 54 anos. Enquanto isso, apenas 1% dos entrevistados acima dos 55 anos disseram que este é seu esporte favorito. Também há uma diferença significativa entre quem tem filhos com menos de 18 anos (12%) e quem não os tem (5%).

O futebol é muitas vezes tido como um esporte com um público muito feminino nos Estados Unidos, mas não é isso que a pesquisa mostra. As mulheres de fato estão à frente, com 8% da preferência, mas os homens aparecem colados, com 6%. Uma curiosidade é a separação por ideologia política: 13% dos que se identificam como liberais preferem o futebol, o que é verdade para apenas 6% dos moderados e 5% dos conservadores.

É apenas a segunda vez que pelo menos 7% dos americanos nomearam um esporte favorito que não fosse futebol americano, basquete e beisebol – automobilismo, em 1997. Veja os resultados completos da pesquisa aqui.