Segunda divisão da Argentina, sábado à tarde. O jogo entre Los Andes e Brown de Adrogué teve primeiro um episódio que interrompeu a partida em 11 minutos, por causa da violência dos barras bravas, os torcedores organizados. Depois, com a bola rolando, mais violência. Só que aí foi em campo mesmo. Uma entrada criminosa que resultou em expulsou e tirou sangue do atingido.

VEJA MAIS: Peru fez um jogo de Copa do Mundo em Miami contra a Croácia, enlouquecendo a torcida

Martín Minadevino, meio-campista do Brown de Adrogué, levantou o pé de maneira irresponsável e acertou o rosto de Gustavo Turraca, do Los Andes. Uma solada na cara, que abriu um corte no rosto do jogador. Ele precisou ser atendido para estacar o sangue. Curiosamente, logo depois do lance alguns jogadores do Brown de Adrogué reclamaram com o juiz, que puxou o cartão, mas depois de verem o rosto do adversário sagrando, a reclamação amenizou.

Com toda justiça, Martín Minadevino acabou expulso de campo.