Ganhava a Copa? Montamos uma seleção com os principais ídolos que se aposentaram em 2014

O ano marcou diversas despedidas no futebol. A aposentadoria de grandes jogadores deixou os gramados com um pouco menos de qualidade. Desde os verdadeiros craques, como Thierry Henry e Rivaldo, aos símbolos de raça, personificados em Carles Puyol. Ídolos que receberam grandes homenagens, como deveria ser, de alguns dos maiores clubes do planeta.

A partir de uma ideia do Mirror Football, resolvemos entrar na brincadeira. Qual seria a seleção dos jogadores aposentados em 2014? Resolvemos ir além do trabalho dos ingleses e montar um elenco completo, com titulares e reservas – em uma lista que até poderia ser mais estrelada, não fosse as mudanças de ideia de Rogério Ceni e Antonio Di Natale. Logicamente, muitos jogadores no banco podem não ser o melhor exemplo de habilidade, mas certamente marcaram as suas trajetórias no futebol.

Abaixo, os 23 convocados, levando em consideração aqueles que anunciaram a aposentadoria em 2014 – embora alguns deles tenham disputado o último jogo oficial no ano anterior. Primeiro, os 11 titulares, em uma tática com três defensores que pode até não fazer sentido, mas funcionaria. Talento para o encaixe não falta. Confira e, se acha que faltou alguém, dê os seus pitacos nos comentários:

Confira também a seleção de textos de despedida da maioria desses ícones:

>>> A emoção Mondragón foi enorme, e poderia ter sido maior, não fosse a Fifa

>>> Zanetti fecha sua história brilhante na Inter, que agora precisa pensar no futuro

>>> Por que Barcelona está falando tanto de Puyol? Relembre o que ele fez na final da LC de 2009

>>> Abidal vai anunciar o fim da carreira nos seus próprios termos, e isso é uma enorme vitória

>>> Juninho fazia bem ao futebol, e nós mostramos o porquê

>>> Ídolo e recém-aposentado, Verón é eleito presidente do Estudiantes

>>> Giggs parou de jogar, mas sua história no Manchester United ainda está longe do fim

>>> Alex vai deixar muitas saudades no futebol, e listamos 10 motivos

>>> Seedorf, o negócio surreal que ajudou a transformar a realidade do Botafogo

>>> Esqueça o fim da carreira, Rivaldo foi um craque e merece ser reverenciado

>>> Os 14 momentos mais inesquecíveis da lenda de Thierry Henry

>>> Donovan mudou a forma como o futebol é visto nos Estados Unidos


O ano marcou diversas despedidas no futebol. A aposentadoria de grandes jogadores deixou os gramados com um pouco menos de qualidade. Desde os verdadeiros craques, como Thierry Henry e Rivaldo, aos símbolos de raça, personificados em Carles Puyol. Ídolos que receberam grandes homenagens, como deveria ser, de alguns dos maiores clubes do planeta.

A partir de uma ideia do Mirror Football, resolvemos entrar na brincadeira. Qual seria a seleção dos jogadores aposentados em 2014? Resolvemos ir além do trabalho dos ingleses e montar um elenco completo, com titulares e reservas – em uma lista que até poderia ser mais estrelada, não fosse as mudanças de ideia de Rogério Ceni e Antonio Di Natale. Logicamente, muitos jogadores no banco podem não ser o melhor exemplo de habilidade, mas certamente marcaram as suas trajetórias no futebol.

Abaixo, os 23 convocados, levando em consideração aqueles que anunciaram a aposentadoria em 2014 – embora alguns deles tenham disputado o último jogo oficial no ano anterior. Confira e, se acha que faltou alguém, dê os seus pitacos nos comentários: