A quarta-feira é um dia especial em Milão. A cidade vive mais um dérbi, desta vez pela Copa da Itália. Milan e Inter se enfrentam pelas quartas de final, buscando uma vaga na semifinal do torneio de Copa. O chamado Derby dela Madonnina acabou ganhando muita importância porque os dois times vêm de derrotas.

LEIA TAMBÉM: Antes do dérbi, tropeços: Inter e Milan não tiveram o que comemorar no sábado

O Milan, aliás, faz uma temporada terrível até aqui. O time é apenas o 11º colocado na Serie A, depois de contratar muitos jogadores. Foram € 194,5 milhões gastos em transferências, com Leonardo Bonucci sendo o principal nome, chegando por € 42 milhões. André Silva, atacante do Porto, chegou por € 38 milhões. O desempenho de todos esses jogadores, porém, tem sido abaixo do esperado.

O time já trocou de técnico com a saída de Vincenzo Montella e a chegada do interino Gennaro Gattuso, mas o time ainda vem mal. O ex-jogador, de 39 anos, treinou o Pisa e voltou nesta temporada para trabalhar na base. Acabou assumindo o time principal depois da demissão de Montella e ainda tenta colocar o time nos trilhos.

“O dérbi de Milan é uma partida muito difícil, mas nós temos que tentar ganhar este jogo”, afirmou o treinador à Milan TV. “É como jogar uma final de Copa do Mundo para nós. O jogo pode mudar a nossa temporada”, continuou.

“Nós temos que reiniciar tudo. Nós estaremos jogando como mandantes e queremos trazer de volta o entusiasmo aos nossos torcedores, nós devemos isso a eles”, declarou Gattuso. “Nós precisamos de muito desejo. Cada um de nós tem que dar algo mais”.

No último duelo entre os dois times, em outubro, a Inter venceu por 3 a 2, com uma grande atuação do centroavante Mauro Icardi, que marcou os três gols da Inter.

Milan x Inter se enfrentam nesta quarta-feira, às 17h45 (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN.