Sergio Busquets é muitas vezes subestimado, apesar de tantas temporadas como titular do Barcelona. Observado como grosso, um jogador que destoa em meio a tantos craques. Mas quem manja bastante do riscado consegue perceber a sua importância para a equipe, e o último desses foi Steven Gerrard.

LEIA MAIS: Vale a pena ler o que Xavi fala sobre a genialidade de Messi e a capacidade de Busquets

O ídolo do Liverpool, atualmente comentarista e treinador das categorias de base dos Reds, elogiou muito o jogador do Barcelona falando à BT Sport. Lembrou o quanto foi difícil enfrentá-lo, em amistoso da International Champions Cup, em 2015, quando defendia o Los Angeles Galaxy.

“Tendo jogado contra ele, no fim das contas você para de pressioná-lo porque é muito frustrante. Você não consegue se aproximar dele, não consegue tirar a bola dele, não consegue ficar perto. Se você sair da sua posição para pressioná-lo, ele passa por você e você não consegue fazer isso durante 90 minutos porque está apenas gastando energia inutilmente. É um pesadelo jogar contra ele. Ele não derruba uma gota de suor. QUase parece que ele está em segunda marcha”, disse.

Pelo Liverpool, Gerrard nunca enfrentou Busquets. Houve um duelo entre os Reds e o Barcelona, na Champions League de 2006/07, antes de o volante subir à equipe principal. Em amistoso em 2016, Gerrard já estava na Major League Soccer. Pela seleção espanhola, Busquets encarou a Inglaterra duas vezes, uma no banco de reservas, outra como titular, mas em ambas Gerrard estava machucado.