Vocês se lembram do Yeovil Town? É o clube que decidiu montar uma banda feminina, inspirada nas Pussycat Dolls, para atrair torcida e atenção nas redes sociais. A “girl band”, com uma cantora principal e três outras mulheres cujas funções são dançar e segurar um microfone, estreou no último último sábado, na derrota em casa para o Leeds, a quarta seguida na segunda divisão inglesa.

O grupo se chama Viva Pitch e tem quatro integrantes: Lisa, Nicola, Danie e Molly. A qualidade da música depende do seu gosto, como sempre, mas nem dá para ouvir direito porque a gravação do canal oficial do Youtube do clube é precária.

Se atraiu torcida ou atenção, ainda não está claro, mas atraiu muitos comentários machistas dos torcedores do Leeds, o que é totalmente lamentável. Até porque, a música parece ser secundária na performance das moças.

O Yeovil Town, na Championship pela primeira vez em 118 anos de história, continua mal na tabela. São apenas cinco vitórias em 28 partidas. É o pior clube da competição. Vamos ver como uma “girl band” vai ajudar os jogadores e acertarem os chutes.