O Goiás obteve a terceira vitória consecutiva na fase de grupos da Libertadores. No Serra Dourada, a equipe derrotou o Newell’s Old Boys por 3 a 0 nesta quarta e lidera com folga o grupo 3. Já o Palmeiras decepcionou ao empatar por 0 a 0 em casa com o Rosario Central. Com um gol no minuto final, o Sporting Cristal venceu o Bolívar por 2 a 1.

A equipe goiana ficou muito perto de se garantir na próxima fase da Libertadores. O Goiás não encontrou dificuldades para superar o Newell’s Old Boys em casa. Com nove pontos, o time ocupa a ponta do gruo 3, enquanto os rivais possuem apenas três.

O destaque da partida ficou para Welliton. Aos 17 minutos, Júlio Santos tocou para ele, livre dentro da área, dominar e chutar com força. No Minuto seguinte, Welliton aproveitou uma saída errada da defesa para tocar por entre as pernas do goleiro Justo Villar.

Na segunda etapa, os anfitriões relaxaram e permitiram a reação do clube argentino. No momento de maior pressão, o jogo foi interrompido por oito minutos, por conta da fumaça criada por sinalizadores utilizados pela torcida.

Retomada a partida, o Goiás ampliou aos 32. Aguirre se atrapalhou na tentativa de cortar um chute de Welliton e colocou a mão na bola. O jogador foi expulso e Romerito cobrou o pênalti sem chances para Villar, aos 35.

No Parque Antarctica, Palmeiras e Rosario Central fizeram uma partida de baixo nível técnico. Sem criatividade, os palmeirenses insistiram nas jogadas pelo meio e praticamente não criaram jogadas de perigo. A equipe argentina se concentrou em explorar os contra-ataques e os chutes de longa distância, mas desperdiçou todas as chances que teve. O empate sem gols foi um reflexo da falta de pontaria dos dois lados. O Palmeiras ocupa a segunda posição no grupo 7, com cinco pontos. Já o Rosario Central somou seu primeiro ponto, porém segue em último.

Na Bolívia, o Sporting Cristal levou a melhor no duelo contra o Bolívar. Aos 20 minutos, a equipe peruana saiu na frente, com Sergio Leal. O time da casa empatou no segundo tempo. Aos 14, Martin Menacho recebeu em posição ilegal e tocou para as redes, mas o árbitro não marcou impedimento. O Sporting Cristal pressionou e garantiu a vitória aos 46 com Henry Quinteros, em cobrança de falta. O triunfo fez o clube assumir a segunda posição no grupo 2 com seis pontos, ultrapassando o próprio Bolívar, agora em terceiro, com quatro.