A primeira vez que Alex Ferguson o viu, Ryan Giggs tinha 13 anos. Corria pelo gramado como um cocker spaniel perseguindo um pedaço de papel jogado ao vento. A velocidade, a técnica e o compromisso mudaram o jeito de defini-lo. Agora, é impossível referir-se ao galês sem falar em “lenda”, “mito” e “Manchester United”.

Nesta sexta-feira, Giggs completa 40 anos, idade complicada na vida de qualquer um, então não vamos fazer festa. Apenas lembrar dribles brilhantes do canhoto que nunca disputou uma Copa do Mundo, os primeiros gols da carreira do filho de Cardiff que conquistou 13 vezes o Campeonato Inglês e uma pintura que o jogador que mais vezes atuou na Liga dos Campeões fez contra o Arsenal em 1999.

Os melhores dribles de Giggs:

Os primeiros gols da carreira:

Aquele golaço na semifinal da Copa da Inglaterra contra o Arsenal: