Spain Soccer La Liga

Graças à vitória do Barcelona, La Liga tem sua rodada mais parelha em 21 anos

La Liga continua sendo um campeonato marcado por diferenças abismais entre seus clubes. Pouquíssimos compõem a casta que briga pelo título e a quantidade de goleadas é enorme. Mesmo assim, a disputa neste ano está sensacional. Afinal, o Espanholão não conta apenas com o dualismo tradicional entre Barcelona e Real Madrid, campeões nos últimos nove anos e sempre donos das duas primeiras colocações desde 2008/09. O Atlético de Madrid está entre eles desta vez. E o trio fecha a 23ª rodada dividindo o topo da tabela, todos com 57 pontos.

Para se ter uma ideia de quão raro é isso, fazia 21 anos que três clubes não apareciam empatados na liderança em uma fase tão avançada do Campeonato Espanhol. Segundo o ótimo @2010MisterChip, a última vez que aconteceu foi em 1992/93, quando o Barcelona, o Real Madrid e o Deportivo de La Coruña apareciam em pé de igualdade. A taça acabou com os blaugranas, que venceram a Real Sociedad e contaram com a derrota dos merengues para o Tenerife, abrindo um ponto de vantagem e tomando a primeira colocação justamente na última rodada.

A ponta tripartite só foi possível graças à goleada do Barcelona sobre o Sevilla por 4 a 1, em meio a uma chuva torrencial. Depois da derrota do Atleti para o Almería e do triunfo do Real sobre o Villarreal, os catalães sofreram para chegar aos 57 pontos. Os andaluzes saíram em vantagem no Estádio Ramón Sanchez-Pizjuán, graças ao gol de Alberto Moreno que contou com um apagão da zaga adversária. A virada só foi possível pelo estilo de jogo mais direto aplicado por Tata Martino. O tento de empate saiu em uma cabeçada de Alexis Sánchez, em falta alçada à área. Já os outros três nasceram todos em contra-ataques rápidos, se safando da pressão dada pelos anfitriões.

E quem voltou a decidir foi Lionel Messi. Sem balançar as redes em uma vitória por La Liga desde setembro, o camisa 10 anotou o segundo e o terceiro gol do Barcelona, além de ter feito o cruzamento para Alexis. Seu primeiro tento, aliás, foi uma pintura, levantando a bola logo no domínio e chutando forte, com o peito de pé, no canto da meta de Beto (assista ao vídeo abaixo). Para quem criticava as últimas atuações do craque, veio a resposta. E elas precisam voltar a ser constantes. O Barça é o primeiro colocado só por causa do saldo de gols. Com Real Madrid e Atlético grudados na tabela, não é bom depender só disso.