Torcida do Celtic (Photo by Michael Steele/Getty Images)

Guia do Campenato Escocês 2017/18 em versão álbum de figurinhas

Por Alex Rolim, Warnner Elias, Erick Barbosa, João Rafael Bonilha, Mattheus Prudente e Diego Ramos

A Scottish Premiership, ou com nome do patrocinador Ladbrokes Premiership, ou ainda no nosso modo bem brasileiro Whikão 2017/18 começa neste final de semana. Para você ficar por dentro do cenário da disputa deste ano, trazemos um rápido apanhado de cada um dos 12 times participantes. Além disso, confira também nosso álbum de figurinhas inspirado no álbum da Copa do Mundo de 1998, a última que a Escócia participou.

LEIA TAMBÉM: 50 anos do Celtic campeão europeu: Os Leões de Lisboa, um dos maiores contos de fada que o futebol já produziu

Celtic

Por Warner Elias

O atual hexa campeão escocês entra na competição em ótimo clima, como franco favorito ao hepta – a única dúvida é se será de forma invicta como na última temporada. O ano que passou foi incrível para os Bhoys: além de conquistarem a tríplice coroa escocesa, ainda voltaram a disputar a fase de grupo da Champions League.

O álbum de figurinhas do Celtic para a temporada 2017/18

O álbum de figurinhas do Celtic para a temporada 2017/18

St. Johnstone

Por Warner Elias

A temporada dos Saints já começou, e começou mal. O time foi eliminado da Liga Europa pelo FK Trakai da Lituânia por 3 a 1 no agregado, após perder as duas partidas. Apesar disso, o time de Perth entra na Premiership com expectativa de brigar pela quarta colocação e conseguir novamente a vaga na competição europeia. A equipe vem com a mesma base da última temporada e sem muitos reforços. Para ajudar, ainda perdeu um dos principais jogadores, Danny Swanson, para o Hibs. Complicado.

O álbum de figurinhas do St. Johnstone

O álbum de figurinhas do St. Johnstone

Ross County

Por Erick Barbosa

Fazer boas campanhas nas copas parece ser o grande objetivo da equipe. Os Staggies têm conseguido se manter longe do rebaixamento nas última temporadas, porém falta fôlego para sonhar com uma competição europeia. Assim, as copas surgem como alternativa para o time dos Highlands.

Liam Boyce, artilheiro da equipe e do campeonato, foi vendido ao Burton Albion e a equipe também teve as perdas do defensor Paul Quinn e do meia Jonathan Franks. Os Staggies apostaram em Billy McKay, ex-Wigan/ING e Thomas Mikkelsen, ex-Odense/DIN para tentar suprir a ausência de Boyce.

Na liga, o alvo é ficar entre os seis primeiros, mas com esse cenário não parece que será tão fácil. A última vez que McIntyre conduziu sua equipe ao grupo de elite do futebol escocês foi há dois anos, na temporada 2015-16. Nesse mesmo ano, a equipe conquistou a Scottish League Cup, maior glória na história do clube.

O álbum de figurinhas do Ross County

O álbum de figurinhas do Ross County

Partick Thistle

Por Erick Barbosa

O sexto lugar na temporada 2016-17 foi recebido com alegria e um quê de surpresa no subúrbio de Glasgow. Desde a chegada à Premiership em 2013, o Partick Thistle frequentou a parte de baixo da tabela em todas as temporadas anteriores até então. Alan Archibald sabe das limitações do seu time, e deixa claro que vai lutar contra o descenso durante a temporada.

Os Jags perderam muito talento na janela de transferências. A dupla de pontas Ade Azeez e David Amoo, que se revezavam no time titular, partiu rumo ao Cambridge United, da Inglaterra, deixando o artilheiro Kris Doolan solitário no comando de ataque. Quem também rumou para o futebol inglês foi o beque Liam Lindsay, destaque da equipe na última temporada.

A principal contratação da janela até então foi o zagueiro Niall Keown, que já estava na equipe por empréstimo na última temporada. Outra adição de destaque foi o meia Blair Spittal, que jogou a Championship na última temporada pelo Dundee United. Archibald espera que o time consiga atrair mais jogadores jovens de qualidade até o final do período de transferências. Se não o fizer, a equipe pode correr sérios riscos na atual temporada.

O álbum de figurinhas do Partick Thistle

O álbum de figurinhas do Partick Thistle

Dundee FC

Por João Rafael Bonilha

Depois de passar a temporada inteira numa luta feroz contra o rebaixamento, conseguindo se salvar nas últimas rodadas, o Dundee FC fez poucas contratações e muitas dispensas. Com isso, buscará ter uma temporada 2017/2018 mais tranquila para si e seus torcedores.

Para isso, The Dee contará com o faro apurado de artilheiro de Sofien Moussa, atacante que tem deixado sua marca em todos os jogos da BetFred Cup até o momento, incluindo um hat trick contra o Cowdenbeath. O reforço tem mostrado seu valor até o momento para o Dark Blue.

O álbum de figurinhas do Dundee FC

O álbum de figurinhas do Dundee FC

Hearts

Por João Rafael Bonilha

Após terminar a temporada 2016/2017 em quinto lugar, posição que marcou a campanha irregular dos Jambos, com o reformado estádio Tynecastle o time está pronto para fazer uma campanha interessante no Escocesão 2017/2018. O amistoso contra o Newcastle e os primeiros jogos da BetFred Cup garantiram um início promissor de temporada para o time. No entanto, a tabela acabou se mostrando ingrata e o time busca acabar com a oscilação e desconfiança da torcida que vieram com os resultados da temporada anterior. Os Jambos terão 38 rodadas para mostrar se continuam um time inconstante ou se irão fazer frente à dupla de Glasgow.

Das contratações para temporada, chama a atenção a chegada por empréstimo do zagueiro Ashley Smith-Brown, de apenas 21 anos, vindo do Manchester City e o atacante Kyle Lafferty, vindo do Norwich, e que já mostrou possuir faro artilheiro ao marcar três gols nos dois primeiros jogos contra Elgin e East Fife pela BetFred Cup. Das dispensas, Tziolis  e o Esmael Gonçalves acabaram não correspondendo às expectativas e foram dispensados.

João Rafael Bonilha, 32 anos, mora em São Caetano do Sul/SP e torce pro Heart of Midlothian.

O álbum de figurinha do Hearts

O álbum de figurinha do Hearts

Aberdeen

Por Mattheus Prudente

Com toda a sua história, o Aberdeen tenta voltar aos tempos de glórias como com Sir Alex Ferguson projetando-os no final dos anos 70 e começo dos anos 80. Sem conquistar o campeonato escocês desde 1984/85, a equipe do nordeste da Escócia vem de três vice-campeonatos, perdendo todos os três para o Celtic. Pela Europa, disputa a fase preliminar da Liga Europa.

As perspectivas são altas para o Aberdeen nessa temporada, mesmo com algumas perdas importantes na janela. Dentre elas, a ida do meia Peter Pawlett para o Milton Keynes Dons, da Inglaterra, depois de 10 anos jogando com os Reds. Na parte dos contratados, destaca-se o islandês Kári Árnason, que volta ao time depois de cinco anos, mais experiente e com status de titular. Sob o comando do atacante Adam Rooney, o Aberdeen é um dos candidatos ao título escocês nessa temporada, mesmo sabendo que será difícil superar o Celtic.

O álbum de figurinhas do Aberdeen

O álbum de figurinhas do Aberdeen

Motherwell

Por Mattheus Prudente

Buscando dias melhores em seu campeonato nacional, o Motherwell conta com o inglês Louis Moult, que foi o jogador do ano da equipe por duas temporadas seguidas e é a grande esperança para fazer a equipe se recuperar de um quase rebaixamento em 2016/17. Sem nenhum resultado expressivo na liga desde o vice-campeonato em 2013/14, inclusive disputando um playoff de rebaixamento no ano seguinte, onde venceram o Rangers, o Well procura se reerguer para, no futuro, lutar para o seu segundo título escocês da história.

Para tentar ter uma temporada mais tranquila, o Motherwell não contratou ninguém de peso, mas pode-se citar a chegada do inglês Craig Tanner, vindo do Reading. O meia atacante teve boas temporadas jogando pelo Plymouth Argyle da quarta divisão inglesa, e chega num contrato de dois anos. Na temporada que está chegando, a equipe do norte da Escócia irá procurar passar longe do rebaixamento desta vez.

O álbum de figurinhas do Motherwell

O álbum de figurinhas do Motherwell

Kilmarnock

Por Diego Ramos

Frequentador assíduo da parte de baixo da tabela, o Kilmarnock almeja na temporada 2017/2018 não reviver o sofrimento dos últimos anos, em que inclusive disputou os playoffs da Scottish Championship para permanecer na divisão principal. Lee McCulloch, que assumiu a equipe interinamente no início do ano e acabou sendo efetivado recebeu bons reforços para os Killies estarem melhor colocados no final do campeonato.

O álbum de figurinhas do Kilmarnock

O álbum de figurinhas do Kilmarnock

Rangers

Por Diego Ramos

No seu retorno a Scottish Premiership, quem esperava ver o Rangers brigando mais uma vez pelo título na volta da Old Firm se frustrou. Os Gers acabaram na terceira colocação, a inacreditáveis 39 pontos do campeão Celtic. Para essa temporada, a equipe do português Pedro Caixinha começa pressionada após a eliminação precoce nas fases preliminares da Liga Europa diante do inexpressivo Progrès Niederkorn de Luxemburgo.

O álbum de figurinhas do Rangers

O álbum de figurinhas do Rangers

Hamilton

Por Alex Rolim

A última temporada foi angustiante para o clube, que por apenas um ponto escapou de cair diretamente para a Championship, conseguindo se livrar desse destino nos playoffs. Não deve ter muitas esperanças na nova temporada, visto que teve poucas mudanças. Além dos reforços da base e da chegada do goleiro Ryan Fulton da base do Liverpool, a grande contratação foi Xavier Tomas, experiente zagueiro francês que jogava na Suíça.

O álbum de figurinhas do Hamilton

O álbum de figurinhas do Hamilton

Hibernian

Por Alex Rolim

Depois de amargar três temporadas na segunda divisão, finalmente o Hibernian ganhou a Championship e o direito de voltar à elite do Whiskão. Neste tempo, o time bateu na trave para voltar contra os rivais Hearts e o renascido Rangers, mas teve seu grande momento de glória ao vencer a Copa da Escócia 2015/16 acabando com um jejum de 114 anos nesta competição. O sonho agora é acabar com o jejum no campeonato escocês, que não vence desde a temporada 1951/52.

A luta será bem difícil face à superioridade do Celtic, somada à perda de Jason Cummings e James Keatings, mas o clube se reforçou com a chegada definitiva de Efe Ambrose e Steven Whittaker.

O álbum de figurinhas do Hibernian

O álbum de figurinhas do Hibernian

*Sobre os autores: 
Warnner Elias, 21 anos, mora em Maceió/AL, torce pro Celtic e é administrador da Celtic FC Brazil fans.
Erick Barbosa, 18 anos, mora em Salvador/BA e torce pro Celtic.
Alex Rolim, 39 anos, mora em São Paulo/SP e torce pro Hibernian.
Diego Ramos, 33 anos, mora em São Bernardo do Campo/SP e torce pro Rangers.
Mattheus Prudente, 18 anos, mora em Maceió/AL, torce para o Manchester United e por causa de Sir Alex Ferguson simpatiza com o Aberdeen.