Como chegou

Campeão asiático

Campanhas anteriores

Nunca jogou

Onde pode chegar

Se passar do primeiro jogo, já está de ótimo tamanho.

Destaque

Elkeson foi o artilheiro do time no ano com 31 gols marcados. Só no Campeonato Chinês, o atacante, ex-Botafogo, marcou 24 gols e fez 11 assistências em 28 jogos. O jogador está em boa fase e pode dar trabalho.

Ponto forte

O setor ofensivo é, de longe, o mais forte do Guangzhou. Com Conca armando o time para Muriqui e Elkesson, o Guangzhou é um time que marca muitos gols. No total, foram 133 gols marcados em 51 jogos disputados – média de 2,6 por partida. Os muitos gols, porém, são concentrados no trio ofensivo. Conca, Muriqui e Elkeson marcaram, somados, 81 gols.

Ponto fraco

A falta de experiência internacional do grupo pode fazer diferença. O Al Ahly, adversário das quartas de final do Mundial de Clubes, é um elenco rodado, com jogadores que já disputaram mais de uma edição da competição. O Guangzhou tem um time com toda a sua base de jogadores chineses, que só têm a experiência de jogar a Liga dos Campeões da Ásia.

Time-base

Guangzhou Evergrande Time-base

Elenco
Nome Posição País Idade
1 Yang Jun G CHN 33
19 Zeng Cheng G CHN 26
22 Li Shuai G CHN 31
3 Yi Teng D CHN 23
4 Zhao Peng D CHN 30
5 Zhang Linpeng D CHN 24
6 Feng Xiaoting D CHN 28
28 Kim Younggwon D CHN 23
32 Sun Xiang D CHN 31
33 Rong Hao D CHN 26
7 Feng Junyan M CHN 29
8 Qin Sheng M CHN 27
10 Zheng Zhi M CHN 33
14 Feng Renliang M CHN 25
16 Huang Bowen M CHN 26
34 Hu Weiwei M CHN 20
37 Zhao Xuri M CHN 28
15 Darío Conca M ARG 30
9 Elkeson A BRA 24
11 Muriqui A BRA 27
29 Gao Lin A CHN 27
30 Yang Chaosheng A CHN 20