Como chegou

Campeão do país-sede

Campanhas anteriores

2000 (7º)

Aonde pode chegar

Sua obrigação está logo no primeiro jogo, em vencer o Auckland City. A partir disso, o que vier é lucro. Os marroquinos serão os azarões diante do Monterrey. Todavia, considerando os vexames constantes dos mexicanos no Mundial, chegar à semifinal não é impossível.

Destaque

Mohsine Moutouali. O meia de 27 anos é um dos jogadores mais tarimbados do Raja. Dono da braçadeira de capitão, também é o principal encarregado da armação do time. Formado nas categorias de base dos alviverdes, o marroquino tem boa rodagem, trazido de volta ao clube na temporada passada, após defender o Emirates Club. Além da visão de jogo, o camisa 5 se destaca pela precisão com a perna direita e pelo repertório de dribles. Suas descidas pela ponta direita é uma das principais armas do time.

Ponto forte

O fator casa. O Raja Casablanca possui suas virtudes dentro de campo. Não à toa, o clube conquistou três das últimas cinco edições do Campeonato Marroquino, baseando-se principalmente em uma defesa bem montada, liderada pelo zagueiro Mohamed Oulhaj e pelo goleiro Khalid Askri – a média de gols sofridos foi inferior a 0,75 por partida em quatro das últimas cinco temporadas. Entretanto, se há um elemento que deverá ser fundamental para o sucesso dos alviverdes, é o fato de jogarem em seus domínios. O clube é conhecido por uma torcida fanática, que deve fazer seu papel nas arquibancadas. Menores que o Estádio Mohamed V, em Casablanca, os palcos do Mundial deverão ajudar os anfitriões a criar um clima de caldeirão. Intimidar os visitantes será vital.

Ponto fraco

A falta de embalo. O Raja Casablanca festejou bastante a conquista do Campeonato Marroquino em maio, quando sobrou na tabela. O problema é que o time parou no tempo e não rende mais desde então. Na atual edição da liga nacional, os Diabos Verdes ocupam apenas a oitava colocação, com apenas quatro vitórias e pouca produtividade ofensiva – foram apenas nove gols em 11 rodadas. Um rendimento abaixo do esperado, que culminou na demissão do técnico Mohamed Fakhir às vésperas do Mundial. Seu substituto, Faouzi Benzarti, foi anunciado há apenas cinco dias. Apesar da experiência do tunisiano, só isso não deverá fazer engrenar um elenco que acabou de conhecer.

Time-base

campo raja

Elenco
Nome Pos. País Idade
1 Yassine El Had G MAR 29
37 Brahim Zaari G MAR 24
61 Khalid Askri G MAR 32
3 Zakaria El Hachimi D MAR 26
4 Ahmed Rahmani D MAR 28
16 Mohamed Oulhaj D MAR 25
17 Rachid Soulaimani D MAR 30
21 Adil Karrouchy D MAR 31
27 Ismail Belmaalan D MAR 25
31 Idrissa Coulibaly D MAL 25
5 Mohsine Moutouali M MAR 27
7 Deo Kanda M RDC 24
8 Chemseddine Chitibi M MAR 30
18 Abdelilah Hafidi M MAR 21
24 Vivien Mabide M RCA 25
26 Ismail Kouchame M MAR 29
28 Kouko Guehi M CMA 30
30 Redouane Dardouri M MAR 29
90 Issam Erraki M MAR 32
9 Abdelmajid Dine A MAR 34
10 Badr Kachani A MAR 23
20 Mouhssine Iajour A MAR 28
25 Yassine Salhi A MAR 26