Como chegou

Campeão da Oceania

Campanhas anteriores

2009 (5º), 2011 (7º) e 2012 (7º)

Aonde pode chegar

Pode até passar pelo Raja Casablanca, mas dificilmente supera o Monterrey nas quartas de final para encarar o Atlético Mineiro na semifinal.

Destaque

Adam Dickinson. O atacante inglês foi o artilheiro do Auckland na terceira conquista consecutiva da Liga dos Campeões da Oceania, com oito gols em apenas nove jogos. É o nome mais perigoso do setor ofensivo dos neozelandeses e já mostrou que pode ser também decisivo, como no gol que abriu o placar na vitória por 2 a 1 sobre o Waitakere United, na decisão do torneio continental.

Ponto forte

A defesa. Após quatro rodadas do Campeonato Neozelandês, o Auckland é o líder, com três vitórias e um empate. Nesses quatro jogos, foi vazado apenas duas vezes, o que faz da defesa do time a melhor deste início de competição. Na temporada passada, o setor defensivo do clube foi o segundo melhor, ficando atrás apenas do campeão Waitakere United.

Ponto fraco

Os desafios do Auckland durante quase toda a temporada são muito menores que os dos outros participantes do Mundial. O futebol na Oceania, e especialmente na Nova Zelândia, não é conhecido por sua força, técnica ou intensidade, e a falta de grandes jogos faz o time chegar ao Mundial sem grandes testes.

Time-base

Campinho Auckland Mundial Guia

Elenco
Nº    Nome Pos. País... Idade
1 Tamati Williams G NZL 29
18 Lewis Caunter G ING 20
24 Oliver Sail G NZL 17
3 Takuya Iwata D JAP 30
5 Ángel Berlanga D ESP 26
6 John Irving D ING 25
7 James Pritchett D NZL 31
15 Ivan Vicelich D NZL 37
22 Andrew Milne D NZL 21
4 Mario Bilen M CRO 28
8 Chris Bale M GAL 31
11 Daniel Koprivcic M NZL 32
9 Alex Feneridis M NZL 24
16 Cristóbal Márquez M ESP 29
17 Adam McGeorge M NZL 24
13 Sam Burfoot M ING 19
9 Darren White A ING 24
10 Ryan de Vries A NZL 22
12 Roy Krishna A FIJ 26
14 Adam Dickinson A ING 27
19 David Browne A PNG 17
20 Emiliano Tade A ARG 25
21 Rory Turner A NZL 19