Dries Mertens se tornou uma máquina de fazer gols no Napoli há aproximadamente um ano. Foi justamente no mês de outubro que Maurizio Sarri improvisou o jogador no centro do ataque para encontrar uma solução depois da lesão de Milik (e as atuações que não convenciam de Manolo Gabbiadini). No Campeonato Italiano, foi em um jogo com o Empoli que ele começou jogando nessa posição, no dia 26 de outubro. Vitória por 2 a 0. Gol de Mertens.

LEIA TAMBÉM: Alô, Tite: Allan diz que ele e Jorginho ainda esperam por convocação do Brasil

Era apenas o terceiro gol de Mertens na temporada. Desde aquele dia, fixado como o jogador mais avançado do time, ele mudou de nível. De um reserva da equipe, passou a ser titular absoluto e matador. Terminou a temporada com 28 gols em 35 jogos na Serie A. Ficou a apenas um gol do artilheiro da liga italiana, Edin Dzeko, que marcou 29. O belga fez dois jogos a menos que o concorrente. Contando toda a temporada, Mertens foi ainda mais impressionante: 34 gols em 46 jogos. Fez ainda 15 assistências.

Desde que se converteu em um centroavante, Mertens não parou mais de marcar e participar diretamente dos gols. Contando desde aquele jogo contra o Empoli, no dia 26 de outubro de 2016, são 41 gols e 16 assistências para Mertens, em 51 jogos. São 3860 minutos em campo, significa que o belga faz um gol ou dá uma assistência a cada 67 minutos. Uma marca impressionante.

O desempenho individual de Mertens é potencializado pelo coletivo. Nesta temporada, o Napoli venceu 10 dos seus 11 jogos na Serie A, empatando apenas um com a Internazionale. Fez 32 gols até aqui. Mertens fez 10 gols nesses 11 jogos da Serie A. Contando todas as competições, são 12 gols em 16 jogos. Somando a temporada passada com a atual, ninguém marcou mais gols que Mertens: 38.

“Nós estamos trabalhando duro e indo bem. Este é o melhor momento da minha carreira”, afirmou o jogador. “Eu estou jogando mais e nós temos um time que está voando. Eu estou satisfeito”, disse.

Aos 30 anos, o jogador é alvo de muitas especulações de transferências, mas o que ele pensa é no título. Logo depois do jogo contra o Sassuolo, no domingo – vitória por 3 a 1 do Napoli -, Mertens falou sobre essa expectativa. “Hoje foi incrível no San Paolo. Agora queremos continuar e fazer coisas especiais, vamos torcer para que continue assim”, disse. “O Scudetto? Nós temos que acreditar sempre”.

Primeiro colocado na tabela do Campeonato Italiano, é compreensível que o Napoli esteja com os olhos mais atentos ao título italiano que à Champions League. Nesta quarta-feira, o time tem um compromisso importante contra o Manchester City, em casa, no estádio San Paolo. Mertens deve liderar o ataque dos Partenopei mais uma vez. O jogo será às 17h45, no horário de Brasília. Confira mais na Programação de TV.