O Hamburg venceu, mas não levou. Apesar da vitória por 3 a 1 no AOL-Arena sobre o Rapid Bucareste nesta quarta, no confronto de volta das oitavas-de-final da Copa Uefa, a equipe alemã acabou eliminada do torneio. O time romeno ganhou por 2 a 0 no primeiro jogo e ficou com a vaga por ter marcado um gol fora de casa.

Forçado a vencer, o Hamburg pressionou o Rapid Bucareste desde o início. O time abriu o placar aos 24 minutos. Benjamin Lauth aproveitou um toque de Sergej Barbarez e tocou para as redes. Aos 36, o time da casa ampliou a vantagem. Van der Vaart tocou para Barbarez marcar. Com o resultado, a partida iria para a prorrogação.

No entanto, na segunda etapa, o Rapid estragou os planos do Hamburg. Aos seis minutos, Mugurel Buga escorou um cruzamento de Viorel Moldovan para diminuir. Com isso, a equipe alemã ficou obrigada a marcar mais dois gols caso quisesse se classificar.

O time quase cumpriu a missão. Aos 17, Barbarez passou para Van der Vaart fazer o terceiro. Takahara, Van Buyten e Reinhardt tiveram chances de marcar, mas desperdiçaram. O Rapid Bucareste freou o rival com faltas seguidas, e conseguiu segurar o resultado até o final.

Ainda nesta quarta, Sevilla x Lille e Roma x Middlesbrough decidem outras duas vagas nas quartas da Copa Uefa. LOSC e Boro venceram a partida de ida por 1 a 0. Nesta quinta, cinco duelos definem os demais classificados: Strasbourg x Basel, Levski Sofia x Udinese, Zenit St. Petersburgo x Olympique de Marselha, Schalke 04 x Palermo e Betis x Steaua Bucareste.