Uma das novelas de transferências que não deve acabar mesmo depois do fechamento da janela de transferências no dia 31 de agosto é sobre o próximo destino de Zlatan Ibrahimovic. Machucado desde abril, em jogo pela Liga Europa contra o Anderlecht, o futuro do atacante sueco ainda é incerto. Tudo indica, porém, que ele deve ter mais alguns meses jogando em Old Trafford, como informam Sky Sports e Guardian. Algo que parece o melhor para ambos.

LEIA TAMBÉM: Com Matic, Manchester United reforça meio-campo defensivo para liberar Pogba

A temporada de Ibra no United foi um sucesso. Foram 46 jogos disputados na temporada 2016/17, com 28 gols marcados em jogos oficiais (um gol em um amistoso, na pré-temporada) e 10 assistências. Esteve entre os destaques do time ao longo da campanha do time no Campeonato Inglês e na Liga Europa – esta última acabou sendo vencida pelos Diabos Vermelhos contra o Ajax, seu ex-clube, em Estocolmo, capital do seu país, a Suécia.

O técnico José Mourinho está aberto à ideia de ter o atacante no elenco e cabe ao sueco provar a sua capacidade física. Ibra completa 36 anos em outubro e tanto o jogador quanto o clube teriam que entrar em acordo por um contrato até o fim da temporada, mas o jornal britânico diz que os dois lados estão dispostos a isso e, assim, prolongar a carreira do jogador com a camisa dos Diabos Vermelhos.

Antes do jogo da Supercopa da Uefa entre o Manchester United e o Real Madrid – os espanhóis venceram por 2 a 1 -, Mourinho já tinha indicado que Ibra poderia ficar no clube. “Talvez ele fique conosco”, afirmou o português. “Ele não tem contrato, mas ele ainda está perto do Manchester, e o fato de estarmos envolvidos na Supercopa também é mérito dele”, afirmou o treinador.

Ibrahimovic se convenceu a voltar ao Manchester United, depois de seu empresário, Mino Raiola, ter dito que o jogador “recebeu propostas de muitas ligas”, mas garantiu 100% que ele continuaria na Europa. O badalado empresário ainda disse que “ela inda tem um ano, talvez dois” na sua carreira como jogador profissional. O Milan já abriu as portas para a volta do atacante, que defendeu o clube de 2010 a 2012. O Los Angeles Galaxy também se mostrou disposto a contratar o jogador através de uma entrevista do seu presidente.

O atacante sueco faz a sua recuperação depois do rompimento do ligamento cruzado anterior nas dependências do clube, em Carrington e, por isso, mantém contato com os jogadores. No início do mês, Paul Pogba disse: “Ele é um grande líder porque ele ainda está no time, mesmo que não esteja jogando é um líder fora de campo”.

Um dos grandes objetivos de Ibrahimovic é conquistar a Champions Leahue, algo que ele nunca conseguiu na sua vitoriosa carreira de 18 anos como profissional, tendo atuado por Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, Milan e Paris Saint-Germain. Com a volta do United à competição, com um time que é forte, o clube se torna mais atraente para o jogador que o Milan. Além disso, a boa relação com o clube e com o técnico Mourinho pode pesar.

O Manchester United já contratou um atacante que ocupa a vaga que era de Ibrahimovic no elenco. Romelu Lukaku chegou como a contratação mais cara do clube na temporada, € 84,7 milhões. Ele inclusive passou a vestir a camisa 9, que era de Ibrahimovic, depois de pedir autorização ao sueco. Não quer dizer que Ibrahimovic tenha  que usar um número que não goste se decidir voltar: a camisa 10, que ele usou no Paris Saint-Germain e na seleção sueca, está vaga desde a saída de Rooney. Será que ela está reservada para Ibra brilhar?