Roy Hodgson alfinetou André Villas-Boas ao declarar sua confiança na velha guarda da seleção inglesa. O comandante afirmou que não irá descartar jogadores de qualidade como Frank Lampard e John Terry, assim como o treinador português tentou fazer em sua passagem pelo Chelsea.

“Quando André Villas-Boas chegou ao Chelsea, ele tentou se desfazer de jogadores como Lampard e Terry. Eles se tornaram reservas, mas voltaram depois e conquistaram a Liga dos Campeões. Quero vencer e não estou preparado para jogar fora jogadores com qualidade até que tenha certeza que terei reposições do mesmo nível”, disse.

Hodgson também afirmou que o inquérito enfrentado por Terry na FA, acusado de racismo, não influenciou sua decisão: “Eu não tenho interesse nesse debate. Tenho permissão para selecionar o time que quiser e Terry está disponível. A situação está em curso e não tem influência na minha maneira de pensar”.

Os próximos compromissos da seleção inglesa acontecem nos dias 7 e 11 de setembro, contra a Moldávia e a Ucrânia, em partidas que marcam a estreia do English Team nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.


Deixe uma resposta