Você pode estar com bronca do Hulk desde a Copa do Mundo. Pode menosprezar a maioria dos adversários que o Zenit teve pela frente neste início de temporada. Pode até reclamar da convocação dele por Dunga, para os próximos jogos da seleção. Mas fica difícil negar que o atacante brasileiro faz um ótimo início de temporada. Os números do camisa 7 são impressionantes. E, nesta terça, mais uma vez ele foi decisivo, para colocar seu clube na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Hulk marcou dois gols do Zenit na vitória por 3 a 0 sobre o Standard Liège, confirmando a passagem pelos playoffs. No primeiro tento, balançou as redes cobrando pênalti, antes de fechar a conta com um lindo gol. O brasileiro roubou a bola no meio-campo, passou por três defensores (por um deles, com um drible da vaca) e tocou na saída do goleiro. Só melhorou as ótimas estatísticas em 2014/15.

Líder do Campeonato Russo com 100% de aproveitamento, o Zenit venceu oito dos nove jogos que fez nesta temporada. E quase sempre com Hulk participando dos resultados positivos. O brasileiro anotou sete gols e serviu cinco assistências, distribuídos por sete partidas. As arrancadas pelo lado direito e os chutes potentes estão fazendo efeito, com André Villas-Boas conseguindo tirar o melhor do camisa 7. Algo que as opções táticas controversas de Felipão na Seleção nem sempre possibilitaram.