Confira quem jogou bem e quem jogou mal no confronto entre Inglaterra e Itália pelas quartas de final da Euro 2012. A Itália venceu por 4 a 2 nos pênaltis após empate sem gols no tempo normal.

Inglaterra

Joe Hart – Fez defesas importantes, mostrou segurança na maioria dos lances. 6,5.

Glenn Johnson - Quase abriu o placar no início. Muito bem nos cortes e interceptações. 6,5.

John Terry - Salvou pelo menos dois gols italianos no último lance. Impecável. 7.

Joleon Lescott - Mais combativo do que Terry, menos brilhante em lances capitais. 6,5.

Ashley Cole - Perdeu o pênalti decisivo, mas se segurou bem pelo lado esquerdo. 5,5.

Scott Parker - Não teve a mesma eficiência na marcação de outras partidas, mas não comprometeu. 5,5.

Jordan Henderson – No mesmo nível de Parker. 5,5.

Steven Gerrard – Novamente, o comandante do time, tomou a iniciativa de organizar o jogo e mostrou frieza na hora dos pênaltis. 7.

James Milner - Dedicado na defesa, pouco participativo no ataque. 5,5.

Theo Walcott – Entrou para puxar contra-ataques. Não o fez. 5.

Ashley Young – Decepcionante mais uma vez. Produziu muito pouco e ainda perdeu sua cobrança na disputa por pênaltis. 5.

Wayne Rooney – Alguns lampejos, uma boa cobrança de pênalti, e só. 6.

Danny Welbeck - Inoperante. 4,5.

Andy Carroll – Lutou mais do que Welbeck, mas também não conseguiu vencer a zaga italiana. 5,5.

Roy Hodgson – Armou bem a defesa da equipe, mas não teve sorte nas substituições. 5,5.

Itália

Gianluigi Buffon - Mostrou que ainda é decisivo. Defesaça no início, defesa no último pênalti inglês. 8.

Ignazio Abate - Errou muitos cruzamentos, mas se apresentou para o jogo e foi bem na marcação. 6.

Christian Maggio - Manteve o nível de Abate no lado direito. 6.

Andrea Barzagli – Seguro, não comprometeu. 6.

Leonardo Bonucci - Mais exigido que o companheiro, mostrou serviço e foi impecável nos desarmes e rebatidas. 7.

Federico Balzaretti - Desafogo pelo lado esquerdo, participou muito do jogo na defesa e no ataque. 7.

Daniele De Rossi - Um chutasso na trave, desarmes precisos, belos passes e muita segurança. 7,5.

Antonio Nocerino - Entrou para dar mais ofensividade ao time e conseguiu, mesmo sem ser brilhante. 6,5.

Riccardo Montolivo – Muito bem no tempo normal e na prorrogação, mas o pênalti perdido quase custou caro ao time. 6,5.

Andrea Pirlo - Esbanjou categoria nos passes, desarmes e interceptações. O melhor em campo, embora Buffon tenha sido mais decisivo. 8,5.

Claudio Marchisio - Também participativo no jogo, criou boas jogadas. 6,5.

Antonio Cassano – Afunilou o jogo em alguns momentos. 6.

Alessandro Diamanti - Entrou para abrir mais o time e conseguiu, criando dificuldades para a defesa inglesa. Bateu o pênalti decisivo. 7.

Mario Balotelli – Lutou, correu, errou quase tudo o que tentou, mas mostrou raça e converteu a primeira cobrança italiana. 6,5.

Cesare Prandelli – Foi feliz ao colocar Diamanti. 6,5.