Rivais históricos não apenas nos gramados, Inglaterra e Argentina escrevem mais um capítulo dos tensos duelos entre suas seleções. O amistoso deste sábado, em Genebra, será uma espécie de prévia entre dois dos favoritos à conquista da Copa.

Em Mundiais, as equipes já se enfrentaram cinco vezes. Os ingleses saíram vitoriosos em três deles. Em 1966, houve polêmica no triunfo da Inglaterra. Rattín, expulso, cuspiu em uma bandeirinha britânica. A Argentina venceu apenas uma vez, em 86, com os célebres gols de Maradona (um, driblando toda a zaga, e outro, com a ´mão de Deus´), em um contexto político carregado em decorrência da Guerra das Malvinas. Ainda houve um empate.

O último confronto dos dois em Copas foi em 2002. A Inglaterra bateu o rival por 1 a 0, resultado que ajudou a eliminar a Argentina ainda na primeira fase da competição.

Para a partida na Suíça, Sven-Goran Eriksson contará com seus melhores jogadores. No meio, estarão presentes Steven Gerrard, David Beckham e Franck Lampard, com o ataque formado por Michael Owen e Wayne Rooney. Na defesa, o treinador confirmou a escalação de Rio Ferdinand, em lugar do lesionado Sol Campbell.

Os sul-americanos também entrarão em campo com força total. José Pekerman terá à disposição craques como Juan Román Riquelme e Hernán Crespo para o confronto.

Leia também, sobre os amistosos deste fim de semana:
Itália e Holanda protagonizam ´jogo dos desfalques´
Alemanha pega França para enterrar tabu contra grandes