Os mosaicos levantados nas arquibancadas costumam dizer muito sobre um clube. Retomam as tradições, enaltecem os heróis, celebram as conquistas. A coreografia feita pela Juventus no último final de semana, porém, teve um simbolismo bem maior. Aproveitando a ocasião especial, o Derby d’Italia contra a Internazionale em Turim, os bianconeri ofereceram uma oportunidade única aos torcedores. Promoveu um concurso e uma votação aberta para escolher qual seria o mosaico que daria cores ao Juventus Stadium.

Cerca de três mil coreografias foram criadas pelos torcedores. A escolhida foi a de um garoto de 16 anos, morador de Paris, que fundiu o símbolo da Juve e a bandeira da Itália. Promessa cumprida, um setor inteiro das arquibancadas estava tomado por 12,7 mil cartolinas, que formaram o desenho antes do dérbi. Um grande orgulho para o menino que teve sua obra escolhida. E também uma boa ideia para ser difundida entre outros clubes que quiserem envolver suas massas de torcedores.