Quando se fala em jogador de categoria de base entrando no time e correspondendo no futebol espanhol, é normal que se pense no Barcelona. Especialmente de 2008 para cá, quando Pep Guardiola assumiu como técnico, a base vem sendo sistematicamente utilizada. No Real Madrid, essa não é uma prática tão comum. Só que nesta temporada, o Real Madrid vê um dos seus canteranos ganhar espaço no time e se tornar um jogador importante no elenco: Jesé.

O jogador vem arrebentando nas categorias de base há algum tempo, mas não seria o primeiro jogador madridista a arrebentar na base e não ter chance no time de cima. Com a saída de Gonzalo Higuaín, se esperava que quem ganhasse mais espaço no elenco fosse Álvaro Morata, outro destaque das categorias de base e seleções espanholas menores. O centroavante seria o substituto natural, mas parte porque ele teve algumas lesões, parte porque não correspondeu plenamente à expectativa. E aí Jesé ganhou espaço.

Jesé pode atuar em qualquer das posições de ataque do time, pelo centro ou por cada um dos lados. Foram 26 jogos até aqui, com oito gols e seis passes para gols, sendo 16 jogos vindo do banco de reservas e outros 10 começando as partidas. Neste domingo, Jesé completou três jogos seguidos como titular. SSSem Cristiano Ronaldo, o time nem sentiu uma queda abrupta de desempenho. Claro, com os jogadores que o Real Madrid tem, isso é relativamente esperado. Mas o fato do substituto ter sido um canterano, como se diz na Espanha, é uma novidade no clube merengue. Algo que merece ser comemorado.

Foi de Jesé o primeiro gol na vitória por 3 a 0 neste domingo, contra o Getafe, fora de casa. Os gols você pode conferir no vídeo abaixo:

Getafe 0-3 Real Madrid (All Goals) 16… por ourmatch