BRASIL

Júlio César – 5,5

Atuação segura do goleiro brasileiro. Não teve culpa no gol e estava ligado no jogo quando Luiz Gustavo perdeu a bola, no segundo tempo.

Dani Alves – 5

Mal na marcação, não resolveu a jogada quando Nyon pegou a bola na ponta esquerda. Também foi pouco efetivo no apoio.

Thiago Silva – 5,5

Seguro, não comprometeu atrás.

David Luiz – 5,5

Atrás, teve atuação regular, mas deixou as costas livres para Matip fazer o gol. Deu a assistência para o gol de Fred em jogada iniciada por Fernandinho.

Marcelo – 6

Bem no apoio e sem comprometer atrás, foi bem na marcação pressão e deu a assistência para o segundo gol de Neymar, rebatendo a bola no pé do companheiro.

Luiz Gustavo – 7

Outra partida muito boa do primeiro volante brasileiro. Bem na marcação, criou todo o lance do primeiro gol de Neymar, pressionando a saída de bola e cruzando a bola para o camisa 10.

Paulinho – 4,5

Outro jogo fraco do camisa 8. Paulinho sumiu na defesa, deu poucos passes e, nas chegadas na área, esteve atrasado. Saiu no intervalo e não deve voltar ao time.

(Fernandinho – 7,5)

Entrou e mudou o meio de campo do Brasil. Deu mais volume de jogo e posse de bola, criou a chance do gol de Fred e ainda deixou o seu no final do jogo.

Oscar – 5,5

Mais uma partida abaixo da média do meia brasileiro. Oscar apareceu pouco e não conseguiu criar grandes situações ofensivas.

Neymar – 8,5

Partida sensacional do camisa 10 brasileiro. Fez dois gols, driblou muito e desequilibrou a partida num momento em que a Seleção não estava bem.

 (Willian – 6)

Entrou e ajudou a segurar a bola do meio para a frente.

Hulk – 5

Hulk parecia estar em rotação lenta, demorando para decidir as jogadas. Ele acabou desperdiçando dois ou três lances assim.

(Ramires – 5,5)

Entrou e ajudou a compor o meio de campo brasileiro.

Fred – 6,5

Mal no primeiro tempo, Fred apareceu mais no segundo, fez o seu e participou bem da jogada do gol de Fernandinho.

CAMARÕES

Itandje – 5

Tirando o segundo gol, em que pulou para o lado errado, sem culpa nos gols, mas também não fez muito para evitar que o placar fosse maior.

Nyon – 4,5

Bem no apoio, deu a assistência para o gol de Matip, mas deixou muito espaço atrás, principalmente no segundo gol de Neymar.

Matip – 5

Empatou a partida em boa jogada de Nyon pela esquerda, mas esteve mal posicionado em vários lances ofensivos do Brasil

N’Koulou – 4,5

Exceção feita a um ou outro desarme, N’Koulou não fez grande partida, e não foi uma grande barreira aos ataques.

Bedimo – 5,5

Atuação regular, sem culpa nos gols ou grandes chances brasileiras criadas pelo seu lado.

Mbia – 4

Perdeu a bola do primeiro gol brasileiro, além disso, fez uma má partida.

N’Guémo – 5

Atuação discreta na proteção da zaga camaronesa, fazendo pouco, mas não chegando a comprometer individualmente.

Enoh – 5

Pelo lado esquerdo do meio de campo de Camarões, se esforçou, mas não foi o suficiente para conferir mais força ao sistema defensivo. Com a bola, não criou nenhuma situação ofensiva.

Moukandjo – 5

Do trio de ataque, foi o mais produtivo – o que, dada a fraca partida de Camarões, não quer dizer muita coisa.

(Salli – 4)

Entrou no segundo tempo e, na meia hora em que ficou em campo, praticamente não apareceu.

Aboubakar – 4,5

Pelo centro do ataque camaronês, produziu muito pouco e quase não deu trabalho para Thiago Silva e David Luiz.

(Webo – Sem nota)

Entrou numa etapa da partida em que a bola mal chegava ao ataque camaronês.

Choupo-Moting – 4,5

Outro que criou poucos lances de perigo à defesa brasileira.

(Makoun – Sem nota)

Entrou já no final da partida.

ÁRBITRO

Jonas Eriksson – 5,5

O juiz sueco teve bom critério e esteve bem na partida. Faltou apenas uma atitude mais rigorosa com Nyon, que empurrou Neymar sem bola e nem levou cartão amarelo por isso.