Cristiano Ronaldo, principal jogador do Real Madrid (AP Photo/Andres Kudacki)

Jogador a jogador, com o que o Real Madrid conta para conquistar a Europa

Goleiros

1 – Iker Casillas
Goleiro, 32 anos, espanhol

Casillas, líder e capitão do Real Madrid (AP Photo/Daniel Ochoa de Olza)

Casillas, líder e capitão do Real Madrid (AP Photo/Daniel Ochoa de Olza)

Ídolo, capitão, foi reserva na maior parte da temporada no Campeonato Espanhol. Foi titular em todos os jogos do time na Liga dos Campeões. É um dos destaques do time, pela capacidade técnica, experiência e liderança. Mostrou que é um jogador decisivo nas suas atuações contra o Borussia Dortmund, dois jogos bastante complicados. É uma referência da equipe, assim como é na seleção espanhola. Como capitão do time, terá a chance de levantar a tão sonhada décima taça da Europa no Real Madrid, quase uma obsessão. Seria a terceira conquista de Liga dos Campeões do jogador, que venceu em 2000 e 2002.

13 – Jesús Fernández
Goleiro, 25 anos, espanhol

Terceiro goleiro do time, não deve ir sequer para o banco de reservas do time na final. Começou no Numancia, foi para o Real Madrid B em 2010, subindo para o time principal em 2011, mas pouco jogando desde então. É uma aposta para o futuro, mas ainda não mostrou que terá capacidade para substituir alguém como Iker Casillas – tanto que o clube foi buscar outro goleiro quando precisou que o reserva jogasse mais.

25 – Diego López
Goleiro, 32 anos, espanhol

Contratado por José Mourinho em janeiro de 2013, depois da lesão de Casillas. Suas grandes atuações fizeram com que ganhasse muitos elogios e que Mourinho o colocasse como titular do time. Casillas voltou de lesão como reserva e assim permaneceu até o fim da passagem do treinador português. A chegada de Carlo Ancelotti não mudou o panorama: o goleiro seguiu como o titular do time na liga espanhola, mas na Liga dos Campeões, o ídolo Casillas é o escolhido. Será banco na decisão.

Defensores

2 – Raphael Varane
Zagueiro, 21 anos, francês

Foi chamado por Mourinho de “melhor zagueiro jovem do mundo” e chegou a colocar Pepe no banco na temporada passada. Nesta, sob o comando de Ancelotti, tornou-se reserva novamente. Como Pepe está se recuperando de lesão, o jogador, revelado pelo Lens e que chegou ao Real Madrid em 2011, contratado por € 10 milhões. Esteve na seleção francesa e é um  dos jogadores com potencial de futuro.

3 – Pepe
Zagueiro, 31 anos, brasileiro/português

Nascido em Maceió, Pepe mal jogou no Brasil, pelo Corinthians de Alagoas. Foi para o Marítimo jogar pelo time B em 2001, jogou pela equipe principal e chegou ao Porto, um dos grandes do país, em 2004. Ficou no clube até 2007, com grandes atuações, e foi contratado pelo Real Madrid por € 30 milhões. Alternou momentos de extrema estupidez com grandes atuações e, sob o comando de Mourinho, virou um pitbull. Com Ancelotti, um técnico muito mais calmo, Pepe também se acalmou e se tornou um zagueiro melhor. Tem feito grandes atuações e a sua lesão é vista com preocupação. Em campo, poderá ser importante tecnicamente e pela força física.

4 – Sergio Ramos
Zagueiro, 28 anos, espanhol

Sergio Ramos é o principal zagueiro do Real Madrid (AP Photo/Daniel Ochoa de Olza)

Sergio Ramos é o principal zagueiro do Real Madrid (AP Photo/Daniel Ochoa de Olza)

Um dos líderes do Real Madrid, é o principal defensor da equipe. Surgiu no Sevilla, em 2003, onde se destacou muito antes de chegar ao Real Madrid em 2005 por € 27 milhões. É, atualmente, o melhor zagueiro espanhol e forma dupla de zaga com o rival Gerard Piqué, do Barcelona, na seleção. Tem bom jogo aéreo e costuma ser perigoso também quando está no ataque. Marcou inclusive dois gols no jogo de volta da semifinal contra o Bayern de Munique, na Alemanha. É o capitão do time na ausência de Casillas e tenta ganhar a sua primeira Liga dos Campeões.

5 – Fábio Coentrão
Lateral esquerdo, 26 anos, português

O lateral esquerdo chegou ao Real Madrid em 2011, por € 30 milhões. Surgiu no Rio Ave, em 2005, se transferiu para o Benfica em 2007, onde se destacou. Foi destaque na Copa do Mundo de 2010, sendo um dos melhores laterais esquerdos da competição. Estará no Brasil para a Copa neste ano com Portugal. Sua chegada ao Real Madrid, onde Marcelo já se destacava, foi vista com desconfiança, mas é um jogador com boa força defensiva que, muitas vezes, dá segurança ao time. Marcelo segue como titular, mas com a lesão do brasileiro, Coentrão entrou no time e não deve sair na final, já que o brasileiro ainda não está em plenas condições físicas.

12 – Marcelo
Lateral esquerdo, 26 anos, brasileiro

Foi destaque no Fluminense em 2005 e logo chamou a atenção para chegar ao Real Madrid em 2007. A princípio, como substituto do já veterano Roberto Carlos e, assim que o compatriota deixou o time, assumiu a posição. É um dos principais jogadores do mundo na posição e é uma arma ofensiva , sabendo muito bem como chegar ao ataque com qualidade de um meia e sem medo de chutar de fora da área. Como voltou de lesão recentemente, tem grandes chances de começar a final no banco de reservas.

15 – Daniel Carvajal
Lateral direito, 22 anos, espanhol

Veio da base do Real Madrid, mas teve que deixar o clube para se destacar. No Bayer Leverkusen, na temporada passada, foi um dos melhores da Bundesliga e os merengues trataram de exercer a opção de recompra do jogador. Se tornou uma opção muito melhor que Álvaro Arbeloa, que era o titular por ali até então. Ganhou a posição do rival não só no Real Madrid, mas na seleção espanhola. Está na lista de pré-convocados de Del Bosque e deve vir ao Brasil. Na final de sábado, será titular do time.

17 – Álvaro Arbeloa
Lateral direito/zagueiro, 31 anos, espanhol

Jogador de seleção espanhola desde 2008, o jogador veio das categorias de base do Real Madrid, mas, como boa parte dos jogadores de base do clube, teve que sair dos merengues para se destacar. Em 2006, se transferiu ao Deportivo La Coruña, onde ficou só uma temporada. Foi contratado pelo Liverpool em 2007, sob o comando de Rafael Benítez. Em 2009, voltou ao clube que o revelou. Foi titular habitual da equipe até essa temporada, mas perdeu a posição para Carvajal. Será banco de reservas na final.

18 – Nacho Fernández
Lateral/zagueiro, 24 anos, espanhol

Tornou-se membro do elenco principal nesta temporada. Até a temporada passada, era jogador do time B, pelo qual já fez mais de 100 partidas. É opção em qualquer posição da defesa, tanto para as laterais, direita ou esquerda, quanto para a zaga, sua posição de origem. Em geral é reserva e é provável que não esteja nem no banco na partida final da Liga dos Campeões, ainda que tenha jogado três vezes na competição, todas na primeira fase.

Meio-campistas

6 – Sami Khedira
Volante, 27 anos, alemão

O volante teve a temporada muito prejudicada pela lesão que teve em novembro. Desde que chegou ao Real Madrid, em 2010, o volante é uma peça importante do elenco madridista. O jogador surgiu na base do Stuttgart, em 2004, e figurou nas seleções de base alemães desde o nível sub-17. Como pouco jogou na temporada, está sem ritmo de jogo. Estará na Copa do Mundo com a Alemanha, mas é improvável que saia jogando contra o Atlético, já que tem tudo para ser um jogo muito físico.

11 – Gareth Bale
Meia, 24 anos, galês

Bale, do Real Madrid (Foto: AP)

Bale, do Real Madrid (Foto: AP)

A maior contratação do futebol mundial na temporada, chegou com a etiqueta de € 100 milhões, mas apesar disso, correspondeu. Depois de surgir como promessa no Southampton na lateral esquerda, foi para o Tottenham e, aos poucos, tornou-se um meia pela esquerda, normalmente atuando pelo lado do campo. Na última temporada, atuando com liberdade, fez muitos gols e foi eleito o melhor da temporada inglesa. No Real Madrid, se adaptou a jogar pela direita, apesar do costume de jogar pelo lado oposto no Tottenham. Em 38 jogos na temporada, marcou 20 gols e fez 16 assistências. Foi o protagonista da conquista da Copa do Rei, com uma excelente atuação na final e marcando o gol do título – um golaço, aliás. Forma o ataque BBC ao lado de Benzema e Cristiano Ronaldo. Tem potencial para decidir a final.

14 – Xabi Alonso
Volante, 32 anos, espanhol

Suspenso da final, o jogador não poderá fazer parte do time que jogará a final. Ele é o organizador do jogo no meio-campo, dando qualidade à saída de bola. Surgiu na Real Sociedad, foi para o Liverpool e desde 2009 é jogador do Real Madrid. É peça-chave da equipe, que precisará se adaptar para jogar sem ele.

16 – Casemiro
Volante, 22 anos, brasileiro

O jogador se transferiu de forma surpreendente para o Real Madrid B em 2013, mas teve boas atuações e acabou promovido ao time principal. Fruto da categoria de base do São Paulo, teve bons e maus momentos, teve problemas disciplinares, foi afastado e acabou vendido. No Real Madrid, foram poucas atuações na temporada, com 18 jogos, sendo apenas dois deles como titular. Deve ser opção no banco, mas dificilmente participará do jogo, a não ser que seja realmente necessário.

19 – Luka Modric
Volante/meia, 28 anos, croata

O meio-campista chegou ao Real Madrid em 2012, a pedido de José Mourinho. Desde 2008, o jogador se destacou pelo Tottenham, depois de surgir no Dinamo Zagreb. É jogador da seleção croata desde a seleção de base e é figura certa na seleção croata que virá ao Brasil para a Copa do Mundo. Será titular no time que começa a final e é um dos pontos mais importantes para sair da marcação do Atlético. Sua principal qualidade é o passe, mas também pode chutar de fora da área.

22 – Ángel Di María
Meia, 26 anos, argentino

Di María tem sido um dos principais jogadores do time na temporada (AP Photo/Andres Kudacki)

Di María tem sido um dos principais jogadores do time na temporada (AP Photo/Andres Kudacki)

Se no começo da temporada a chegada de Bale parecia tirar a vaga de Di María do time, mas a reformulação de Ancelotti criou uma vaga para o jogador. Em vez de sacar o argentino, o técnico italiano, mudou o esquema do time para 4-3-3, com Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema no ataque. Di María passou a ser um dos jogadores de meio-campo, atuando como na seleção argentina. Tornou-se um jogador importante para o time, inclusive defensivamente.

23 – Isco
Meia, 22 anos, espanhol

O meio-campista foi contratado depois de uma temporada excelente pelo Málaga. O meia surgiu no Valencia, mas mal jogou pelo time principal e foi vendido ao Málaga em 2011. Foram duas boas temporadas pelo clube, incluindo uma boa campanha na Liga dos Campeões, chegando às quartas de final. Apesar dos € 30 milhões pagos pelos seus serviços, ele foi reserva na maior parte da temporada. Fez 43 jogos na temporada, sendo 29 como titular. Marcou 11 gols e deu sete assistências. Será opção no banco de reservas na final.

24 – Asier Illaramendi
Volante, 24 anos, espanhol

Revelação da Real Sociedad, foi contratado por € 32,2 milhões pelo Real Madrid para ser… Reserva. É o candidato a substituir Xabi Alonso no meio-campo no papel de volante principal do time. É um jogador experiente nas seleções de base espanhola, mas ainda não conseguiu espaço no time principal. Na atual temporada, fez 40 jogos, sendo 20 deles como titular.

Atacantes

7 – Cristiano Ronaldo
Atacante, 29 anos, português

É o principal jogador do time, o melhor do mundo em 2013, depois de conseguir destronar Lionel Messi. A atual temporada tem sido fantástica para o português, com números espetaculares. Em 40 jogos, são 47 gols marcados e 12 assistências, sendo 31 no Campeonato Espanhol e 16 na Liga dos Campeões. O português, aliás, tornou-se o recordista de gols em uma só edição da competição. O problema é que o jogador está se recuperando de uma lesão e dificilmente estará 100% para a partida. Mesmo assim, deve ser o principal foco da marcação do Atlético. Com a final sendo disputada em Lisboa, terra do jogador, os olhos (e a torcida) devem estar voltados ao português.

9 – Karim Benzema
Atacante, 26 anos, francês

Benzema, jogador do Real Madrid (Foto: AP)

Benzema, jogador do Real Madrid (Foto: AP)

Na primeira temporada sem a sombra de Higuaín, Benzema tem ido bem. Em 45 jogos, são 22 gols e 14 assistências. O francês tornou-se o titular absoluto do time – o que não acontecia quando o argentino ainda estava na equipe – e melhorou o seu rendimento. É um jogador capaz de ajudar a armas as jogadas, além de apenas finalizá-las, o que é bom para Cristiano Ronaldo multiplicar seus gols. Depois de deixar o gramado com uma lesão na última partida do espanhol, tornou-se uma preocupação, especialmente porque sem ele, o time perderia muito. Morata não tem o mesmo nível e a entrada de um jogador como Isco, por exemplo, mudaria as posições de mais jogadores no time.

20 – Jesé
Atacante, 21 anos, espanhol

Veio do time B, depois de se destacar tanto pela equipe reserva quanto pelas seleções de base da Espanha. Se firmou como uma boa opção do time após ser colocado no time principal nesta temporada. O jogador fez 23 jogos na temporada, marcando cinco gols e fazendo quatro assistências. Se lesionou no final da fase de grupos da Liga dos Campeões e não jogou toda a segunda metade da temporada.

21 – Álvaro Morata
Atacante, 21 anos, espanhol

Se tornou a opção como centroavante reserva depois de se destacar no time B. Era esperado que conseguisse se firmar no time, mas suas atuações durante a temporada não convenceram. Fez 27 jogos pelo time, sendo apenas quatro como titular. Marcou nove gols, sendo oito deles no Campeonato Espanhol e um na Liga dos Campeões. Dificilmente estará em campo, a não ser que o Real Madrid esteja em uma situação de desespero precisando dos gols.

Técnico

Carlo Ancelotti
54 anos, italiano

Se tem alguém experiente em Liga dos Campeões, esse alguém é Carlo Ancelotti. A sua carreira é vitoriosa, ganhando o Campeonato Italiano, Copa da Itália e a Liga dos Campeões duas vezes e o Mundial de Clubes. No Chelsea, ganhou o Campeonato Inglês, mas não conseguiu sucesso na Liga dos Campeões – caiu nas oitavas de final. Levou o Paris Saint-Germain ao título francês e às quartas de final da Liga dos Campeões, caindo para o Barcelona, No Real Madrid, chega à final na sua primeira temporada à frente do time e pode, depois de 12 anos de espera, dar ao clube a tão esperada décima taça. É experiente e soube mudar o jeito do time jogar, mas precisará superar um Atlético de Madrid que se mostrou capaz de vencer qualquer adversário, especialmente em um jogo só.