FRANÇA

Lloris – 6,5

Fez algumas defesas muito importantes durante o jogo. As duas defesas que impediram o gol ajudaram a França em momentos complicados do jogo, quando a Nigéria era melhor.

Debuchy – 6

Foi razoável durante a partida. Apoiou algumas vezes, tentou se colocar defensivamente. Ajudou o time em alguns lances.

Varane – 5,5

Foi razoável na defesa e sofreu um pouco com os ataques da Nigéria. Pelo alto, ajudou, mas a principal arma que os nigerianos usaram foi a velocidade.

Koscielny – 5,5

Entrou no lugar de Sakho e cumpriu o seu papel. Não foi espetacular, sofreu em alguns lances, mas conseguiu segurar o ataque nigeriano na medida do possível.

Evra – 6

Cumpriu um papel defensivo importante, fechando o espaço onde a Nigéria costuma causar problemas. Deu poucos espaços no seu setor e apoiou pouco.

Pogba – 7,5

Foi o grande nome do jogo. Fez uma partida excelente, com boas arrancadas pelo meio, bons passes e entrando na área para finalizar. Foi assim que criou a melhor chance no primeiro tempo e foi na área, em um escanteio, que marcou o seu gol.

Cabaye – 6,5

Peça importante no equilíbrio do meio-campo da França.Faz primeiramente a função de marcação e foi por ali que fez três desarmes durante o jogo.

Matuidi – 7

Forte, rápido, deu boas arrancadas pelo lado esquerdo. Chega muito bem ao ataque, além de fechar bem o seu lado, fazendo uma boa parceria defensiva com Evra e ofensiva com Benzema. Embora seja um volante, foi quem mais fez dribles no jogo, com seis.

Valbuena – 6,5

Sua velocidade foi menos explorada do que poderia pela França, mas mesmo assim foi importante, criou jogadas e fez o lateral nigeriano correr bastante para acompanhá-lo.

Giroud – 4,5

Atrapalhou o time durante o jogo. Foi um cemitério de jogadas, com dificuldades até de dominar a bola. Errou em contra-ataques do time e em bolas alçadas na área, que é uma especialidade.

(Griezmann) – 7

O) jogo mudou com a alteração. Em parte porque colocou Benzema onde ele rende mais, em parte porque ele entrou mesmo muito melhor do que estava Giroud (o que não precisava muito). Foi habilidoso e ajudou o time nas boas trocas de passes ofensivas.

Benzema – 6,5

Mesmo em um dia que não estava bem tecnicamente, foi o jogador mais perigoso no ataque. Segura a bola, ajuda a criar jogadas e quase marcou, impedido por Moses quase em cima da linha. Tem que jogar centralizado no ataque, onde rende mais.

5 FORMAS DE VER O JOGO: França 2×0 Nigéria – Bleus avançam, mas foi muito mais difícil do que o esperado

NIGÉRIA

Enyeama – 7

Fez uma grande partida, mas ficará marcada como uma atuação excelente pelas defesas, mas decisiva negativamente pela falha do primeiro gol da França.

Ambrose – 6,5

Marcou bem do seu lado, e olha que teve bastante trabalho. Fechou os espaços e foi praticamente um zagueiro pelo lado direito.

Yobo – 7

Fez desarmes, foi bem nas bolas alçadas e deu pouco espaço. Foi uma das razões que impediram a França de abrir o placar mais cedo.

Omeruo – 6,5

Assim como Yobo, também foi bem na marcação, embora com menos desarmes. Tentou não dar espaços para as trocas de passes.

Oshaniwa – 6

Fez pouco durante o jogo e teve trabalho para marcar Valbuena. Teve que correr bastante e se desdobrou em campo, mas acabou dando algumas espaços.

Onazi – 6,5

Fazia uma boa partida até ser substituído, forte especialmente na marcação. A saída de bola nigeriana ficou prejudicada quando ele deixou a cancha.

(Reuben) – 5,5

Fez pouco em campo e não deu a mesma qualidade na saída de bola nem na marcação. A França cresceu no jogo e ele não conseguiu dar conta dos avanços dos meio-campistas franceses.

Mikel – 5,5

Fez o arroz com feijão, mas se espera dele um pouco mais do que isso. Ajudou na marcação, tentou fechar os espaços e acabou sendo razoável.

Odemwingie – 6,5

Foi bem perigoso em arrancadas pela direita e quase marcou o gol em duas oportunidades. A marcação teve trabalho para pará-lo.

Moses – 5,5

Salvou um gol em cima da linha, em chute de Benzema. Ofensivamente, ficou devendo um pouco. Foi só esforçado.

Musa – 5,5

Esteve abaixo das atuações anteriores, quando foi um incômodo constante para as defesas adversárias. Rápido, teve um primeiro tempo ótimo e começou bem a etapa final, mas caiu muito de produção.

Emenike – 6

Nos outros jogos ele centralizou as jogadas, mas desta vez ele não conseguiu segurar a bola, nem finalizar, porque teve poucas chances. Mesmo assim, ainda conseguiu ser perigoso: fez quatro chutes a gol na partida.

ÁRBITRO

Mark Geiger – 6

Validou a marcação do assistente no primeiro tempo, em um impedimento bem marcado que anulou um gol da Nigéria. Foi bem no geral e não apareceu muito, o que é sempre positivo para o jogo.