Portugal

Beto – 6,5

Fez boas defesas quando exigido.

(Eduardo – sem nota)

Entrou no finalzinho, praticamente só jogou os acréscimos do segundo tempo.

João Pereira – 5

Atuação discreta, mas com algumas falhas quando Gana apertou um pouco o no começo do segundo tempo.

(Varela – 5,5)

Melhorou um pouco a saída de bola de Portugal.

Pepe – 5,5

Desempenho seguro. Participou menos que Bruno Alves, para o bem e para o mal.

Bruno Alves – 5,5

Muito voluntarioso, tirou muitas bolas da área portuguesa. Mas foi tecnicamente instável e cometeu alguns erros bobos.

Miguel Veloso – 5

Teve dificuldades na marcação de Atsu, mas não chegou a ser uma tragédia.

William – 6

Boa partida, mesmo sem ser espetacular. Controlou bem seu setor do campo.

João Moutinho – 5,5

Podia dar um pouco mais de brilho para Portugal na saída de bola.

Ruben Amorim – 5,5

Parecia determinado a ajudar Cristiano Ronaldo a ir às redes, poderia ter jogado com mais liberdade.

Nani – 6

É um bom jogador, mas sempre parece jogar um ou dois níveis abaixo de seu potencial. Ocorreu o mesmo hoje: segurou-se em alguns momentos e perdeu a oportunidade de aparecer bem contra um adversário desconcentrado.

Cristiano Ronaldo – 6,5

Tentou demais, estava determinado a marcar algum gol antes de deixar a Copa. Por isso, participou bastante e cumpriu sua missão. O problema é que pareceu ansioso em alguns momentos, até cometendo erros que não costuma cometer.

Éder – 5

Até tentou bastante, mas é tecnicamente fraco e pouco produziu.

(Vieirinha – 6)

Deu mais dinamismo ao ataque português, mas nem teve tempo de ter uma influência mais significativa no resultado.

Gana

Dauda – 6,5

Fez algumas boas defesas, mas cometeu um erro primário no segundo gol português.

Afful – 5

Portugal teve mais espaços em seu setor e acabou criando muito perigo.

Boye – 4,5

O gol contra foi de cinema (filme de terror, claro) e o resto de sua atuação não ajudou a compensar o erro.

Mensah – 5

Errou menos que Boye, mas toda a defesa ganense pareceu desconcentrada na partida.

Kwadwo Asamoah – 5,5

Não foi mal, mas poderia ter se aventurado mais na frente.

Rabiu – 5

Atuação de altos e baixos. Acabou vibrando no mesmo ritmo do time ganense, o que não é um elogio no caso desta partida.

(Acquah – sem nota)

Ficou pouco tempo em campo.

Badu – 6

Brigou bastante no meio-campo, ficou sobrecarregado em alguns momentos. Mas não comprometeu.

Atsu – 6,5

Depois de Asamoah Gyan, era o ganense que mais se esforçou na partida, buscando criar jogadas em cima de Miguel Veloso.

Andre Ayew – 5

Apático, não usou sua velocidade para abrir espaço na defesa portuguesa.

(Mubarak – sem nota)

Ficou pouco tempo em campo.

Waris – 5

Aceitou a marcação portuguesa, ficou apagado o jogo todo (pelo menos o periodo em que esteve em campo).

(Jordan Ayew – 5,5)

Foi um pouco melhor que Waris, mas nada muito sensível.

Asamoah Gyan – 6,5

O melhor e mais lutador jogador de Gana. Fez o gol e criou perigo à defesa portuguesa em diversos momentos.

Árbitro

Nawaf Shukralla (Bahrein) – 6,5

Jogo menos tenso do que seria de se esperar, acabou conduzindo bem a partida.