RÚSSIA

Akinfeev – 3

O goleiro russo tomou um frango, um frangaço, um estrogonofe de frango. Mas, bem antes disso, já estava rebatendo vários chutes de longe dos sul-coreanos. É bom goleiro, mas hoje não passou segurança.

Eshchenko – 6

Mais tímido no primeiro tempo, se soltou depois do gol sofrido e foi premiado com a assistência para o gol de Kerzhakov.

Berezutski – 6,5

Bem posicionado, foi seguro na defesa e conseguiu até apoiar o ataque no fim do jogo, quando a Rússia buscava o gol da virada.

Ignashevich – 6,5

Também muito seguro, ainda levou perigo numa cobrança de falta no primeiro tempo.

Kombarov – 7

Muito bem no apoio, Kombarov uma das principais armas ofensivas da Rússia, com passes e bons cruzamentos.

Glushakov – 5,5

Discreto, cumpriu bem seu papel de ocupar espaços em frente a zaga russa.

(Denisov – 6)

Entrou e compôs bem o meio de campo, ajudando a manter a posse de bola e a proteger a defesa.

Fayzulin – 6

Fayzulin se preocupou mais em armar o jogo do que em marcar. Distribuiu bem o jogo russo, mas deu espaços atrás, como no gol sofrido.

Samedov – 5,5

Do trio de meias que iniciou a partida pela Rússia, foi o melhor, mas passou longe de ser brilhante. Criou algumas chances e levou perigo em chutes de fora, mas nada além disso.

Shatov – 5

O meia centralizado do 4-2-3-1 russo foi muito pouco efetivo no ataque. Com poucas chances criadas e nenhum chute a gol, foi justamente substituído aos 14 do segundo tempo.

(Dzagoev – 5,5)

Entrou e deu um pouco mais de movimentação e atitude ao time russo, mas não chegou a ser tão efetivo.

Zhirkov – 4,5

Outro que não foi bem. Jogando pela esquerda e contando com o apoio constante de Kombarov, foi bem menos efetivo do que se esperava, chegando a desperdiçar um bom contra-ataque no primeiro tempo.

(Kerzhakov – 6,5)

Entrou e deu mais presença de área para a Rússia, fazendo o gol de empate num lance de oportunismo.

Kokorin – 5,5

Mesmo preso entre os zagueiros sul-coreanos, chegou a criar uma boa chance num contra-ataque e colaborou para as ações ofensivas da Rússia.

COREIA DO SUL

Jung Sung-Ryong – 4

Não levou um frango como Akinfeev nem teve culpa no gol de Kerzhakov, mas passou pouca segurança, rebatendo várias bolas para frente e quase tomando um gol de cobertura.

Lee Yong – 6

Tímido no ataque e discreto na defesa, teve atuação regular. Não comprometeu.

Kim Young-Gwon – 6

Seguro e firme na defesa, não deu espaços.

Hong Jeong-Ho – 6,5

Muito firme na defesa, esteve bem posicionado e impediu os ataques russos. Saiu no final por lesão.

(Hwang Seok-Ho – 4,5)

Entrou no final do segundo tempo e rebateu errado a bola do gol de Kerzhakov.

Yun Suk-Young – 5,5

Discreto atrás, não comprometeu, mas nas poucas vezes que tentou apoiar o ataque pela esquerda, não conseguiu ser efetivo.

Ki Sung-Yueng – 7

Jogador mais lúcido e participativo do meio-campo sul-coreano. Distribuiu passes e comandou o início das jogadas

Han Kook-Young – 6,5

Mais preso que o outro meia central sul-coreano, foi bem defensivamente e na saída de jogo.

Lee Chung-Yong – 5

Atuação discreta do meia pela direita do time sul-coreano. Tentou, mas levou pouco perigo.

Koo Ja-Cheol – 5,5

Jogando centralizado, foi regular, levando perigo em uma ou outra jogada.

Son Heung-Min – 6,5

Jogador mais habilidoso e ousado do time, foi quem mais tentou lances ofensivos. Isolou uma bola que sobrou limpa para ele.

(Lee Keun-Ho – 7)

Entrou, assim como Son Heung-Min, tentou bastante. Contou com a ajuda de Akinfeev para fazer o gol que abriu o placar.

Park Chung-Yong – 4,5

Preso e anulado pelos zagueiros russos, produziu muito pouco em termos ofensivos.

(Kim Bo-Kyung – sem nota)

Entrou e ficou pouco tempo em campo para ser avaliado.

ÁRBITRO

Nestor Pitana – 6,5

O argentino teve um jogo fácil pela frente. Mesmo assim, mostrou controle e autoridade e distribuiu os cartões amarelos com critério.