Suíça

Diego Benaglio – 6

Apesar de ter sofrido cinco gols, só falhou no segundo deles, quando abriu espaço para a finalização de Matuidi. Pegou um pênalti e fez algumas boas defesas, evitando que o placar fosse ainda maior.

Stephan Lichtsteiner – 3,5

Não contribuiu muito com o ataque, o que é sua principal característica, e foi um desastre na defesa, dando espaço absurdo para contra-ataques. Maioria dos ataques franceses se concentrava em seu flanco, e foi por ali que três gols da França começaram.

Johan Djorou – 4,5

Cometeu pênalti em Benzema e não conseguiu cobrir a defesa quando Lichtsteiner avançava, o que resultou em dois gols no primeiro tempo.

Steve von Bergen – Sem nota

Teve de sair aos oito minutos de jogo. Levou uma pancada de Giroud e começar a sangrar bastante.

(Philippe Senderos) – 5

Falhou no gol de Benzema, furando a tentativa de interceptar a bola. Não fez nenhum desarme em toda a partida.

Ricardo Rodríguez – 5,5

Menos culpado da zaga suíça pela derrota por cinco gols, tocou bastante na bola e não falhou em nenhum gol em particular.

Valon Behrami – 4

Perdeu na disputa pelo alto com Giroud no momento do primeiro gol. Um minuto depois, errou passe no meio de campo que deu no contra-ataque para o segundo gol. Foi justamente substituído no intervalo.

(Blerim Dzemaili) – 6,5

Foi o jogador mais perigoso da Suíça no segundo tempo, levando perigo em um chute de longa distância e, alguns minutos depois, marcando um belo gol de falta.

Gokhan Inler - 6

Poderia ter tido uma partida muito melhor defensivamente. Junto com Behrami, não ajudou a garantir segurança à frente da zaga. Em compensação, deu uma bela assistência para o gol de Xhaka.

Xherdan Shaqiri - 6

Depois de um primeiro tempo mediano, cresceu em campo quando trocou de lado, indo da direita para a esquerda. Não conseguiu fazer milagre, mas finalizou bastante a gol e acertou quase todos seus passes.

Granit Xhaka – 6,5

Fez o segundo gol da suíça e foi o que mais finalizou da equipe ao lado de Shaqiri. Não teve muita ajuda dos cabeças de área para conseguir ter uma contribuição maior.

Admir Mehmedi – 5,5

Perdeu um gol incrível no segundo tempo, chutando por cima do gol, e errou mais passes que deveria (apenas 76% de acerto).

Haris Seferovic – 5

Perdeu ótima chance após rebote de Lloris em chute de Mehmedi. Não conseguiu mostrar qualidade depois de ganhar a posição com o gol da vitória na primeira rodada.

(Josip Drmic) – 5

Em pouco mais de 20 minutos, deu apenas dois toques na bola, em um jogo já perdido pelos suíços.

França

Hugo Lloris – 5,5

Nas poucas vezes em que foi exigido, foi bem. Tudo bem que levou dois gols, mas não teve culpa em nenhum deles.

Mathieu Debuchy – 6,5

Foi importantíssimo defensivamente, sendo o jogador que mais fez desarmes pela seleção francesa. Não apoiou muito o ataque, mas isso porque estava ocupada dando segurança a Lloris lá pela direita.

Raphäel Varane – 6,5

Bastante atento na zaga, ainda contribuiu com um dos gols, tocando para Giroud antes de o atacante servir Valbuena no terceiro gol.

Mamadou Sakho – 6,5

Foi muito bem no jogo e bastante seguro. Chegava forte quando preciso e enquanto esteve em campo a Suíça não assustou.

(Laurent Koscielny) – 5

Teve menos de 30 minutos em jogo, mas isso foi tempo suficiente para que falhasse em um dos gols. O lançamento de Inler para o gol de Xhaka foi nas suas costas.

Patrice Evra – 6,5

Foi muito bem na marcação, dando quatro desarmes, mas não abdicou de atacar. Quase deixou o seu gol no segundo tempo.

Moussa Sissoko – 7

Foi muito bem no meio de campo e ainda se transformava em uma boa opção pela direita nos ataques. Conseguiu ainda marcar um gol em uma dessas avançadas pelo flanco.

Yohan Cabaye – 6

Apesar de ter perdido um gol incrível no rebote da cobrança de pênalti de Benzema, Cabaye foi importante para o domínio francês no jogo, sendo o atleta dos Bleus que mais deu passes na partida.

Blaise Matuidi – 7,5

Como faz regularmente, foi essencial para o meio de campo francês, na ligação da defesa com o ataque pela esquerda, onde a França deitou e rolou. Muito perigoso como elemento surpresa, marcou o segundo gol do jogo.

Mathieu Valbuena - 8

Só não brilhou mais que Benzema no jogo. Foi um dos principais criadores de jogadas perigosas da França, deu assistência para um gol e marcou o seu.

(Antoine Griezmann) – Sem nota

Olivier Giroud – 7,5

Subiu muito bem de cabeça para abrir o placar e se movimentou bem, alternando posição com Benzema. Deu uma ótima arrancada pela esquerda para cruzar para o gol de Valbuena. Talvez tenha conquistado a posição no time titular para a sequência da Copa.

(Paul Pogba) – 6,5

Nos 30 minutos que teve em campo, teve como maior contribuição para a vitória francesa a fantástica  assistência em profundidade para o gol de Benzema, o quarto dos Bleus.

Karim Benzema – 8,5

Só não fez chover na Fonte Nova. Deu duas assistências para gols e marcou outro na goleada. Poderia ter saído do jogo com dois gols, mas o juiz não validou o segundo, terminando a partida enquanto o atacante fazia um golaço.

 

Árbitro

Bjorn Kuipers – 6

Marcou acertadamente o pênalti no primeiro tempo, mas encerrou o jogo no meio de um ataque da França que acabou em golaço de Benzema.