URUGUAI

Muslera – 5

O goleiro mostrou a tradicional insegurança, tanto que Campbell e seus amigos costarriquenhos passaram a chutar loucamente a gol no segundo tempo. Quase tomou um gol de Campbell assim, em um chute de longa distância. Nos gols, não foi culpado, mas também não conseguiu fazer nada para evitar.

Maxi Pereira – 2

Foi muito mal. O jogo já não tinha sido bom, nem no apoio ao ataque, nem na marcação. Só que conseguiu tornar tudo ainda pior quando, já no final do jogo, fez uma falta violenta em Campbell. Foi merecidamente expulso.

Lugano – 5

Sofreu o pênalti no primeiro tempo e, assim como os outros defensores uruguaios, não foi bem no jogo. Deu espaços, não conseguiu lidar com Campbell no segundo gol.

Godín – 4

Afastou mal a bola no gol de empate e foi andando para a marcação de Umaña no terceiro gol. Esteve em uma tarde bastante infeliz.

Cáceres – 4

O primeiro gol saiu do seu lado da defesa e o terceiro gol também foi pelo seu setor. O apoio não é o seu forte e nem se esperava isso dele, mas na marcação poderia – e deveria – ter ido melhor.

Stuani – 4

Foi muito mal na marcação. Mas muito mal mesmo. Não, a sua função não era de marcação, era de atacar, mas não atacou, e ainda não esteve bem posicionado no primeiro gol. No segundo, ele era o responsável pela marcação de Duarte, o cara que fez o gol. No fim do jogo, como atacante, também não fez nada.

Gargano – 5

É um marcador. Deve, portanto contribuir nesse sentido, mas não conseguiu fazer. A marcação do time não foi boa. E o resultado acabou não sendo também.

(González) – 6

Entrou para melhorar o setor e conseguiu. Mas não teve muito tempo para mudar o panorama.

Arévalo Ríos – 6

Outro que tem como papel a marcação, não foi muito além disso. Não foi um leão na marcação, mas também não ajudou muito o time.

Cristian Rodríguez – 5

Foi bastante apagado. Ofensivamente, que é a sua principal função, não foi muito bem. Apareceu pouco, não criou nada e contribuiu para o deserto de ideias do time.

(Hernández) – 5

Entrou para ajudar. Não ajudou.

Forlán – 4

Apagado, não conseguiu fazer o que se esperava dele: criar jogadas para Cavani. Não conseguiu. Sua melhor contribuição no jogo foi a cobrança de falta que resultou no pênalti. Depois, não apareceu mais.

(Lodeiro) – 5

Tentou dar mais velocidade. Tentou. Pouco tocou na bola nos minutos que esteve em campo.

Cavani – 4

Fez o gol de pênalti. Depois disso, não dá para dizer que fez algo importante. Não foi participativo, tocou pouco na bola e ficou esperando a bola, que não chegava pela falta de criação de jogadas do Uruguai.

COSTA RICA

Navas – 7

Foi bem quando acionado. O gol, de pênalti, ele não tinha muito como fazer. No mais, manteve o seu nível na temporada: muito bom.

Gamboa – 6,5

Foi bem na maior parte do jogo. Seguro no setor defensivo, ainda apareceu algumas vezes no ataque para levar perigo.

Duarte – 7

No seu setor, a defesa, não comprometeu e foi muito bem no jogo aéreo. Ainda marcou o segundo gol, o da virada.

González – 6

Não comprometeu na defesa, ajudou em uma ou outra bola aérea e ajudou na marcação, que é a sua função.

Umaña – 6

Outro dos zagueiros que foi tranquilo no jogo, sem problemas.

Díaz – 4

Fez um pênalti imbecil em Lugano, totalmente desnecessário. No mais, foi razoável.

Bryan Ruiz – 6

A expectativa era que fizesse um jogo muito melhor. Não fez. Audou em alguns lances ofensivos, mas para alguém como ele, se espera mais que alguns bons lances.

(Ureña) – 6,5

Entrou e fez o gol, em um conjunto de oportunidade, sorte, e bom posicionamento.

Tejada – 6

Foi razoável no meio-campo. O Uruguai ajudou não povoando muito o seu setor e não dando trabalho para ele.

(Cubero) – 6

Entrou, não mudou em nada o jogo, mas também não comprometeu. Ficou elas por elas.

Borges – 6

Outro que não teve muito trabalho em campo. Fez o seu trabalho, sem problemas.

Bolãnos – 7

Foi bem na parte ofensiva. Cobrou faltas com perigo, com a bola levava perigo.

(Barrantes) – sem nota

Entrou no final.

Cambpell – 9

O melhor do jogo. Foi decisivo, infernizou os uruguaios, marcou o seu gol, participou de outro e faz acontecer.